A HISTÓRIA DO CHURRASCO

**ORIGEM** [![images (1)](https://s3.amazonaws.com/static.elefanteverde.com.br/blog/wp-content/uploads/sites/14/2014/03/images-1.jpg)](https://s3.amazonaws.com/static.elefanteverde.com.br/blog/wp-content/uploads/sites/14/2014/03/images-1.jpg)   Não existe referência exata sobre a origem do churrasco, mas presume-se que, a partir do domínio do fogo na [pré-história](http://pt.wikipedia.org/wiki/Pr%C3%A9-hist%C3%B3ria "Pré-história"), o homem passou a assar a carne de caça quando percebeu que o processo a deixava mais macia. Os índios [tupis](http://pt.wikipedia.org/wiki/Tupis "Tupis") sul-americanos, por exemplo, costumavam defumar a carne de caça sobre grelhas de madeira, no chamado *moka’em*, um antepassado do atual churrasco. A carne defumada desse modo se conservava apta para o consumo durante longo tempo. Com o tempo, as técnicas foram sendo aperfeiçoadas, principalmente entre os [caçadores](http://pt.wikipedia.org/wiki/Ca%C3%A7adores "Caçadores") e criadores de [gado](http://pt.wikipedia.org/wiki/Gado "Gado"), dependendo sempre do tipo de carne e [lenha](http://pt.wikipedia.org/wiki/Lenha "Lenha") disponíveis. Na América do Sul, a primeira grande área de criação de gado foi o [pampa](http://pt.wikipedia.org/wiki/Pampa "Pampa"), uma extensa região de pastagem natural que compreende parte do território do estado do [Rio Grande do Sul](http://pt.wikipedia.org/wiki/Rio_Grande_do_Sul "Rio Grande do Sul"), no Brasil, além da [Argentina](http://pt.wikipedia.org/wiki/Argentina "Argentina") e [Uruguai](http://pt.wikipedia.org/wiki/Uruguai "Uruguai"). Foi ali que os vaqueiros, conhecidos como [gaúchos](http://pt.wikipedia.org/wiki/Ga%C3%BAcho "Gaúcho"), tornaram o prato famoso e típico. [![conteudoimagem_1347398267_1_1_churrasco](https://s3.amazonaws.com/static.elefanteverde.com.br/blog/wp-content/uploads/sites/14/2014/03/conteudoimagem_1347398267_1_1_churrasco-234x300.jpg)](https://s3.amazonaws.com/static.elefanteverde.com.br/blog/wp-content/uploads/sites/14/2014/03/conteudoimagem_1347398267_1_1_churrasco.jpg) A carne assada era a refeição mais fácil de se preparar quando se passava dias fora de casa, bastando uma estaca de madeira, uma faca afiada, um bom fogo e sal grosso, ingrediente abundante que é utilizado como complemento alimentar do gado. A partir dali o costume cruzou as regiões e se tornou um prato nacional, multiplicando-se as formas de preparo, o que gera entre os adeptos muita discussão sobre o verdadeiro churrasco, como por exemplo a utilização de lenha ou carvão, de espeto ou grelha, temperado ou não, com sal grosso ou refinado, de gado, suíno, aves ou frutos do mar. O correto é afirmar que não existe fórmula exata, uma vez que cada região desenvolveu um tipo diferente de carne assada, mas, sem dúvidas, a imagem mais famosa no Brasil é o churrasco preparado pelos vaqueiros, conhecidos pelo termo latino gaúchos, que se transformou na denominação dos cidadãos nascidos no estado do Rio Grande do Sul. **ORIGEM DO NOME** [![churrasco121227060946_mini](https://s3.amazonaws.com/static.elefanteverde.com.br/blog/wp-content/uploads/sites/14/2014/03/churrasco121227060946_mini-300x163.jpg)](https://s3.amazonaws.com/static.elefanteverde.com.br/blog/wp-content/uploads/sites/14/2014/03/churrasco121227060946_mini.jpg) Palavra usada em português e também no espanhol dos países latinos para designar um pedaço de carne assada nas brasas. O Dicionário da Academia Espanhola sugere, – sem citar fontes, que seria um vocábulo de origem [onomatopeica](http://pt.wikipedia.org/wiki/Onomatopeia "Onomatopeia"), presumivelmente do som que produz a gordura ao gotejar sobre a brasa. Corominas, no entanto, afirma que churrasco originou-se em uma palavra muito antiga, anterior à presença dos [romanos](http://pt.wikipedia.org/wiki/Romano "Romano") na [Península Ibérica](http://pt.wikipedia.org/wiki/Pen%C3%ADnsula_Ib%C3%A9rica "Península Ibérica"), que nos chegou vinda de “sukarra” (chamas de fogo, incêndio), formada por “su” (fogo) e “karra” (chama).
Este vocábulo apareceu primeiramente em [castelhano](http://pt.wikipedia.org/wiki/Castelhano "Castelhano") sob a forma “socarrar” e ao longo dos séculos derivaram-se diversas variantes dialetais na [Espanha](http://pt.wikipedia.org/wiki/Espanha "Espanha"), das quais a que nos interessa é “churrascar”, do [andaluz](http://pt.wikipedia.org/wiki/Andaluz "Andaluz") e do [leonês](http://pt.wikipedia.org/wiki/Leon%C3%AAs "Leonês") berceano, de onde provém a palavra churrasco. O etimologista Catalan cita também o [chilenismo](http://pt.wikipedia.org/wiki/Chile "Chile") “churrrasca”
[![1337869288600](https://s3.amazonaws.com/static.elefanteverde.com.br/blog/wp-content/uploads/sites/14/2014/03/1337869288600-300x209.jpg)](https://s3.amazonaws.com/static.elefanteverde.com.br/blog/wp-content/uploads/sites/14/2014/03/1337869288600.jpg) No [Brasil](http://pt.wikipedia.org/wiki/Brasil "Brasil"), *churrasco* se refere a toda carne assada na [churrasqueira](http://pt.wikipedia.org/wiki/Churrasqueira "Churrasqueira") ou no estilo *fogo de chão*, quase sempre em grandes espetos na região sul, e grelha nas outras regiões. Para o fogo, o mais comum é o uso de carvão, pela praticidade e facilidade de compra, porém os mais tradicionalistas defendem o uso da lenha. Existem também churrasqueiras à gás, pouco utilizadas por interferir no tradicional sabor do assado.
O tempero varia conforme o gosto e o costume local, podendo ser simplesmente [sal grosso](http://pt.wikipedia.org/wiki/Sal_grosso "Sal grosso") ou refinado, até as mais elaboradas fórmulas. De longe, a carne preferida é a bovina, mas também são muito apreciadas as carnes de origem [suína](http://pt.wikipedia.org/wiki/Porco "Porco"), [ovina](http://pt.wikipedia.org/wiki/Ovelha "Ovelha"), de aves, além de embutidos, como a [linguiça](http://pt.wikipedia.org/wiki/Lingui%C3%A7a "Linguiça").   [Veja também a nossa seção de gastronomia no Elefante Verde](https://elefanteverde.com.br/secoes/gastronomia-em-barueri-sp)