Quando remover o dente do Siso???

As exodontias dos terceiros molares são os procedimentos mais realizados na especialidade da Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial. Consultas de urgência odontológica em consultório odontológico, ambulatórios e postos de saúde podem resultar na indicação da necessidade de cirurgia oral diagnosticado pelo profissional da equipe de referência (protesista, endodontista, ortodontista, clínico geral etc). As exodontias sejam elas de terceiros molares impactados ou semi-impactados ou outros elementos dentários podem ser realizadas por cirurgiões-dentistas que dominem a técnica correta, caso não se enquadrar nesse item, o melhor é procurar um cirurgião-dentista com habilidade em cirurgias tais como cirurgiões-bucomaxilofaciais, estomatologistas, implantodontistas, semiologistas ou profissionais habilitados em cirurgia oral.

Como critérios de definição, podemos estabelecer que os dentes podem apresentar os seguintes tipos de inclusão dentária: semi-inclusos ou semi-impactados quando parte da coroa irrompeu o tecido ósseo e tecido mole e incluso ou impactado quando o dente ainda não irrompeu tecido ósseo e tecido mole.

Indicações de exodontias de inclusos
1) Falta de espaço no arco dentário;
2) Má posição do elemento dentário incluso sem possibilidade de correção ortodôntica. (Exceção em casos: Ex.: Caninos com possibilidade de tracionamento ortodôntico);
3) Pericoronites recorrentes (inflamação local na região distal do segundo molar inferior);
4) Reabsorção interna ou cárie no incluso ou no dente adjacente;
5) Indicações protéticas ou ortodônticas;
6) Processos patológicos (Trismo, celulite, abscesso, cisto dentígero, queratocisto e tumores odontogênicos/ não- odontogênicos;)
7) Dor bucofacial de etiologia desconhecida (A.T.M., cefaléias, outras disfunções).

Os dentes do siso que não possuem apoio nos dentes da arcada oposta a ele, podem extruir (crescer) e distalizar (afastar dos dentes vizinhos), causando cáries e problemas periodontais, devido a retenção de alimentos. Esses dentes também devem ser removidos, para evitar um problema maior;

Falta de espaço pode causar movimentação e desalinhar ou outros dentes, provocando problemas de má oclusão dentária e sintomas dolorosos em ATM ou DTM. Nesses casos, os dentes incluso ou semi incluso devem ser removidos;

Indivíduos na idade de 16 ou 17 anos são os candidatos ideais para remoção de dentes impactados, pois o aumento natural da densidade "dureza do osso" que ocorre com o avanço da idade e características anatômicas da formação e posição em que se encontram os dentes do siso, poderão dificultar a sua remoção.

Uma das dúvidas mais comuns é se realmente nem todas as pessoas precisam extrair os seus “dentes do siso”, como é chamado também o terceiro molar. Se o terceiro molar estiver na posição correta na boca, ajudando na mastigação, ele não precisa ser extraído.

Naturalmente, alguns problemas podem ser decorrentes da permanência de dentes inclusos ou parcialmente inclusos. Dentre os mais comuns, podemos citar os processos infecciosos e inflamatórios, cárie no próprio terceiro molar ou no dente adjacente, doença periodontal (que acontece nos tecidos em torno dos dentes), compressão de nervos, reabsorção da raiz do dente vizinho e o desenvolvimento de cistos e tumores. Atualmente, os motivos ortodônticos são uma das maiores incidências de indicações para a retirada cirúrgica dos terceiros molares. Em Rio Branco você pode contar com o Consultórios Reunidos para procedimentos dentários, inclusive remoção do dente siso. Saiba mais aqui.

Em seguida algumas imagens que ilustram e exemplificam alguns casos para facilitar a compreensão do leitor.

Fonte: http://www.webartigos.com/artigos/exodontia-de-terceiros-molares-inclusos-quando-remover-o-dente-do-siso/7079/