As novas carreiras

As Novas Carreiras

Reiteradamente tenho abordado a temática relativa às novas carreiras que surgem vertiginosamente, num cenário de constantes transformações. Em vinte anos – o que não é nada em termos de história, o mercado de trabalho se modificou intensamente, face às inovações tecnológicas; perfil comportamental de empregados e empregadores; maciça entrada das mulheres, concorrendo em pé de igualdade com homens e assumindo cada vez mais postos de liderança. Mudaram as empresas, as pessoas, os processos. Neste contexto, profissões novas surgiram, outras perderam seu lugar ou foram reinventadas.

Vou dar alguns exemplos de possibilidades de inserção neste mercado de trabalho tão novo e cada vez mais promissor:

As profissões chamadas “WEB” estão bombando:

Webdesigner (profissional que cria a identidade visual de uma página de Internet).O web designer deve trabalhar para melhorar o aspecto de um site, sua acessibilidade e também a ordem e seu aspecto estético para atrair novos usuários, deixando o site mais agradável para o navegador. Também se destacam o designer de jogos, o pessoal responsável pelo e-commerce (que é o comércio virtual) que estão conseguindo postos importantes nas empresas. Formação em engenharias, matemática, tecnologia. Mas depende mais de aprendizado e prático e perfil; ser curioso, adorar tecnologia, estar sempre atualizado.

Analista/Coordenador/Gerente de Mídias Sociais ou Marketing on-line: Cuida da imagem da empresa no universo virtual, elaborando estratégias de Marketing de uma empresa nas mídias sociais, como Twitter e Facebook, de acordo com o público específico que se quer atingir e a plataforma que se deve utilizar. Em outros países, a profissão está consolidada, mas cresce vertiginosamente no Brasil. Não importa tanta a área de formação, mas a capacidade de navegar e comunicar-se com os clientes numa rápida, moderna e acessível. É essencial familiaridade com a Internet, sólida cultura geral e conhecimentos de marketing. Já existem cursos especícificos para capacitação deste profissional. Formação em Administração, Marketing, Comunicação Social, Ciências Sociais, História, Sistemas de Informação, Psicologia são adequadas, mas com mencionei, mais importante é o perfil e interesses do candidato.

Analista/Coordenador/Inteligência de Mercado: Analisa cenários em aspecto amplo, de forma que a empresa invista com o menor risco em determinado segmento de negócios, região, público alvo. É necessário estar extremamente informado, dominar novas tecnologias, estatística, geografia. Formação generalista e visão de pesquisa e comercial é o que se espera de quem ocupa estas vagas.

Analista/Coordenador/Gerente de Treinamento de Varejo: treina os funcionários de cada ponto de venda da empresa. Antes, o costume era que a empresa adotasse um treinamento padrão para todos os funcionários que lidam com o público. Hoje, considera-se mais produtivo contar com profissionais que elaboram programas específicos conforme as características dos consumidores locais, por isso é importante capacidade de empatia (perceber a necessidade do outro), liderança, excelente comunicação e atenção às inovações do mercado consumidor.

Gerente de Comunidade: Se assemelha um pouco com a função de ombudsman, aquele que ouve as reclamações no canal de atendimento ao cliente. Atua diretamente na comunicação com o consumidor por meio de redes sociais, blogs e fóruns on-line. É responsável, por exemplo, por impedir que as reclamações sobre um produto ou serviço de sua empresa divulgadas no Twitter ou no Facebook se transformem em virais negativos na internet.

Gerente de Projetos. Realiza a interface entre o departamento de TI (Tecnologia de Informação) e as demais áreas da empresa. Por um lado, ele leva as necessidades dos diferentes departamentos da companhia aos técnicos de sistemas da informação. No caminho inverso, aponta aos funcionários as limitações dos recursos de TI. Como ele dialoga com grupos que muitas vezes não se entendem — “tecniquês” e “juridiquês”, por exemplo, são dois idiomas distintos —, a capacidade de comunicação é a sua principal característica. Engenheiros, advogados, administradores, e pessoas com formação em tecnologia e visão generalista costumam assumir freqüente estes postos.

Muitas outras carreiras estão em ascensão no país. O segmento de petróleo e gás é um dos mais promissores e deve gerar milhares de postos de trabalho nos próximos anos. As áreas de logística e comércio exterior também são promissoras, especialmente em nossa região, um pólo importante nestes segmentos.

Há trabalho para todos, felizmente. Trabalhos com novas facetas, diferentes, reinventados. Importante é descobrir aquele que mais se adéqua a você, e se especializar, aproveitando as facilidades e preços competitivos dos cursos e treinamentos, presenciais ou on-line. Estudar e procurar experiências práticas, seja por meio de estágios ou serviços de voluntariado. Todos podem encontrar o seu lugar neste país de oportunidades.