Artistas: O Bandalha

Olá leitores do Elefante Verde! Temos o prazer de disponibilizar outra entrevista que fizemos com uma banda tradicional e muito conhecida em Nova Iguaçu: O Bandalha. Então confira logo abaixo como foi o bate-papo com os integrantes da banda: Laís Sobreira e Marcelo Negrett, enquanto Marcelo Tuan esbanjava sua voz no bar.

 elefante-verde-03072014001

1- A formação da banda

Sempre perguntamos para as bandas que entrevistamos como tudo começou, a ideia de montar a banda, como também o nome. E com a banda O Bandalha não foi diferente, Negrett explica que a banda se formou em 2009, com três vocais (Sobreira, Negrett e Tuan) e cerca de mais nove integrantes. Ainda em sua explicação, os três vocalistas se uniram para formar a banda, conforme tocavam em festas, e perceberam que conseguiam ter uma harmonia para que o projeto pudesse seguir em frente.

 elefante-verde-03072014006

2- Três vocalistas e seus estilos

Com um número tão grande de integrantes e ainda por cima acompanhar três vocalistas, perguntamos como era ter essa particularidade na banda. Negrett explica que todos são muito vaidosos com o trabalho realizado e como cantam para o público, mas que ao mesmo tempo são preocupados em lapidar a vaidade da melhor forma possível. E termina com uma brincadeira: ?Tuan já tem anos de experiência, eu também tenho um pouco e Sobreira é a nossa barbie-girl?. Dificuldades? Ele diz que ?de vez em quando sai uma porrada, mas nossa sintonia é incrível?. Sobreira afirma ?eu cheguei agora, mas eles são muito generosos?.

Com relação ao estilo da banda O Bandalha, como também com relação aos estilos individuais, os dois vocalistas mencionam ?o estilo do Bandalha é não ter estilo?. E isso fica claro ao perceber que nenhum dos três procura seguir um estilo fixo, mas sim o estilo que o público quer e gosta. Inclusive a banda tem em seu repertório músicas próprias, criadas por Sobreira e Tuan, enquanto Negrett afirma ?eu não escrevo nada, só tento tocar e cantar?.

 elefante-verde-03072014003

3- Shows

Por ser uma banda gigantesca será quase impossível presenciar em um bar de Nova Iguaçu a banda O Bandalha completa, mas a divulgação fica por conta dos vocalistas que têm suas casas noturnas fixas na cidade. Então O Bandalha é aquela banda que você torce para ter num grande evento da cidade ou em festas, como foi o Projeto Quarta Cultural na Casa de Cultura de Nova Iguaçu e também o Mac Dia Feliz, que a banda realiza pela segunda vez seguida e a Arena Cultural Jovelina Pérola Negra na Pavuna.

 elefante-verde-03072014005

4- Expectativas

Quando questionamos sobre projetos futuros e expectativas para a banda, Negrett começa com uma brincadeira ?bom, desistimos de vender 1 milhão de cópias?, mas completa* ?a ideia é continuar crescendo com o nome da banda O Bandalha e conquistar mais espaço, principalmente em Nova Iguaçu, nossa cidade?. Com relação a shows e eventos, a expectativa é de crescimento, principalmente com eventos particulares onde a banda tem mais visibilidade e até facilidade de locomover cerca dos doze integrantes. Como de costume em nosso bate-papo, Negrett solta uma brincadeira *?o problema é que O Bandalha assusta?, aproveitamos e perguntamos o porquê e ele complementa ?porque ninguém entende como três vocalistas conseguem cantar, se divertir, brincar e vibrar sem sair na porrada?.

E para finalizar perguntamos quais os locais eles gostariam de tocar e os dois listaram bem animados e sorridentes diversos locais, que mais parecia uma turnê ao citar Maracanã, Paris, Londres entre outros locais europeus e grandes shows nacionais e internacionais. Brincadeiras e risadas a parte, Negrett diz ?estamos para quem nos chamar?, mas Sobreira rindo revela ?já toquei em enterro de anão? e Negrett ainda de forma séria completa ?essa experiência eu dispenso oportunidade?, muitas risadas depois os dois concordam que o importante é agradar ao público não importa aonde.

 elefante-verde-03072014004

5- Vexames, Conquistas e Curiosidades

No quesito vexames da banda ou dos integrantes, Negrett e Sobreira concordam que não houve até o dado momento nenhuma história de vexame para O Bandalha, mas Negrett completa ?no Bandalha não tivemos nada, já na carreira solo é melhor nem contar?. Já um fato marcante para a banda foi o evento realizado na Casa de Cultura em Nova Iguaçu, quando todo o espaço ficou lotado numa grande expectativa de como seria o trabalho de três grandes artistas locais tocarem juntos.

E para terminar o tópico questionamos sobre loucuras de fãs, tanto na banda quando na carreira solo, mas após muita troca de olhares entre os dois seguidas de muita risada, Sobreira escapa do assunto e comenta ?o que acontece é que quando estamos no palco somos um personagem, que busca divertir e emocionar cada um, mas algumas pessoas entendem que aquela música é para ela e que estamos ?dando de presente?, o que pode gerar um pouco de confusão?. Negrett concorda com um gesto positivo e Sobreira finaliza ?eu sempre aviso aos maridos e esposas que eu não estou tentando encantar ninguém?. Negrett também encerra o assunto ao explicar que nem todos entendem que o cantor, quando está no palco, pouco importa se teve o pior dia de sua vida, ele vai cantar para todos se sentirem bem, pois há um grande compromisso ao animar e divertir o público.

 elefante-verde-03072014002

6- Mensagem para fãs e leitores

?Agradecemos a galera, por acompanharem nossos passos durante esses anos todos, independente da renovação musical que ocorre todos os anos e termos um público fiel. Agradecemos a paciência de todos e agradecemos a Deus pelas oportunidades?

E como se não bastasse, Negrett aproveita para uma última brincadeira ?Agradeço ao pessoal e aproveito pra agradecer a todos que pagam em dia? ouviu Fulana?!?.

Após uma noite incrível em Nova Iguaçu, onde o bate-papo teve como fundo musical um dos próprios integrantes da banda, percebemos que: Marcelo Tuan é o mais carismático dos três e uma pessoa incrível; Laís Sobreira parece ser uma barbie-girl tímida, mas se diverte com tudo e com todos; e Marcelo Negrett se diz ser o mais antipático, porém a verdade é que aproveita cada oportunidade para uma piada em seu estilo sério. E depois de tantas risadas, o Elefante Verde agradece aos vocalistas da banda O Bandalha pela simpatia e deseja um grande sucesso para essa banda que tem seus artistas alegrando nossas noites boêmias em Nova Iguaçu. Parabéns banda O Bandalha!!