Carnaval de todos os ritmos

A Cidade Maravilhosa já parou pra ver a banda passar! O Carnaval chegou, minha gente, e a cidade recebe milhares de turistas de todas as regiões do Brasil, e todos os continentes do mundo, para celebrar a maior festa popular do planeta! O termo Carnaval, que veio de ?carnis valles?, remete a idéia do deleite pelos prazeres da carne. Há quem diga que começou na Grécia em 600 a.C. em comemoração pela fertilidade do solo. Depois em cerca de 600 d.C. passou a ser adotada pela Igreja Católica, que mais tarde estabeleceu a festa carnavalesca como sendo o início do jejum da Quaresma, que terminaria com a Semana Santa. E há quem pense apenas que o Carnaval celebra a alegria de viver, simplesmente isso!

O fato é que hoje, no século XXI, o Rio de janeiro tem o maior Carnaval do mundo!!! E se você quer pensar em programação cultural na cidade, vai ter que passar pelo Carnaval, mesmo se buscar um programa off! Sendo assim aí vão algumas dicas para a folia.

Os blocos de rua dão o tom do Carnaval do Rio de Janeiro Os blocos de rua dão o tom do Carnaval do Rio de Janeiro

Além dos famosos desfiles televisionados do grupo especial na Marquês de Sapucaí, o que tem trazido muitos turistas para a cidade é a variedade de blocos. Para quem curte os blocos, a cidade tem mais de 450 blocos oficiais pela cidade inteira, fora os não oficiais. Há desde os tradicionais, aos de crianças, de ritmos específicos, enfim, tem pra todos os gostos. Os destaques são:

No sábado os tradicionais Banda de Ipanema (Ipanema), Céu na Terra (Santa Teresa), e o Cordão da Bola Preta (Centro), e também o Empolga às 9 (Copacabana), Mulheres de Zeca (Madureira) e o estreante Enquanto Corria o Bloco, cantando Novos Baianos no Arco do Teles.

No domingo tem Simpatia é Quase Amor (Ipanema) e Cordão do Boitatá (Centro), o Laranjada Samba Clube (Laranjeiras); além do Perereca do Grajaú (Grajaú), Bangalafumenga (Aterro do Flamengo) e Cachorro Cansado (Flamengo). Tem também música do Pará, em Vila Isabel, no bloco Cabloco Muderno.

Na segunda, temos o estreante Brasília Amarela (Copacabana) homenageando os Mamonas Assassinas, o conhecido Bloco de Segunda (Botafogo); além do Bloco do Bairro de Fátima (Bairro de Fátima,), Bloco Isbarra (Av. Lúcio Costa, Barra), Boi de Anchieta (Anchieta) , e o som do funk do Funk In Bloco (Praça Saens Peña).

O bloco Brasília Amarela é uma das novidades do Carnaval 2015O bloco Brasília Amarela é uma das novidades do Carnaval 2015

Na terça, além dos conhecidos Banda de Ipanema (Ipanema) novamente e Bloco das Carmelitas (Santa Teresa), temos o Bagunça meu Coreto (Praça São Salvador, Laranjeiras), Banda Atlântica (Copacabana), Banda do Largo da Segunda-Feira (Tijuca), Rio Maracatu (Ipanema) e Trio Ternura (Barra), além do recente Meu Face no Teu Book (Grajaú).

Já pra quem prefere ficar longe do tamborim, além de show de jazz, ou uma boa exposição, as melhores opções são fugir para um cinema ou curtir uma música eletrônica. Rola na Marina da Glória, e também no Clube Sacadura 154, na Sacadura Cabral, o festival Rio Music Carnival, parte do evento Rio Music Conference. O evento de música eletrônica conta com a turma da festa americana Life in Top (14/02), o DJ alemão Afrojack (15/02), o sueco Alesso, um menino prodígio das pistas (16/02) e a dupla greco-britânica Dimitri Vegas & Like Mike (17/02). Na Sacadura Cabral haverá artistas mais conceituais que tocarão no sábado na festa Wobble, e na terça. Se você é dessa turma, corre lá!!

A música eletrônica também tem espaço no Carnaval do RioA música eletrônica também tem espaço no Carnaval do Rio

Também dá para aproveitar o feriado e conferir os indicados ao Oscar. Há boas pedidas como Boyhood, da infância à juventude. Dirigido por Richard Linklater, com indicações de melhor filme, roteiro original, edição, diretor, ator coadjuvante (Ethan Hawke), atriz coadjuvante (Patricia Arquette). O filme que levou doze anos para ser filmado está entre os mais comentados da temporada.

Outro filme muito cotado é Birdman, que além da indicação de ator para Michael Keaton, brilhantemente no papel, também acumula nas categorias melhor filme, diretor (Alejandro G. Iñárritu), ator coadjuvante, atriz coadjuvante, fotografia, roteiro original, edição de som e mixagem de som. Outra barbada é o argentino Relatos Selvagens, indicado como melhor filme estrangeiro, que já está nas salas brasileiras há mais de três meses; e  A Teoria de Tudo, que concorre nas categorias melhor filme, ator (Eddie Redmayne), atriz (Felicity Jones) e roteiro adaptado.

Enfim, aproveitar o feriado é um direito que todos nós temos, foliões ou não?  Então não vale ficar em casa de braços cruzados, pois coisa boa para fazer é o que não falta. Partiu ?!