E na hora de adotar: Cão ou Gato?

Ter um animal de estimação exige comprometimento, pois é um companheiro para a vida toda. Assim como nós, humanos, animais também tem suas necessidades e também ficam doentes. Adotar um animal é como ter um filho, precisa de cuidados e não pode ser descartado. Cada espécie tem as suas particularidades e necessidades especiais.

Cuidados médicos

Assim como nós, animais também precisam de acompanhamento médico. Só um especialista pode indicar o melhor tratamento para a saúde do animal: existe a imunização contra várias doenças através das vacinas.2

A imunização pelas vacinas é feita em duas etapas, quando filhotes, precisam tomar três doses da vacina polivalente e depois ser feito o reforço anual, junto com as demais vacinas. Isso é importante para prevenir várias doenças, algumas transmissíveis para humanos (como a raiva por exemplo) e outras vacinas que só acometem a espécie mas que podem ser fatais (como a cinomose em cães ou panleucopenia para gatos).

É importante também,ter um controle parasitário prevenir contra vermes através da vermifugação (a critério do veterinário) e o controle de ectoparasitas (carrapatos e pulgas). Existem produtos específicos para cada espécie e de acordo com o peso de cada uma, somente um veterinário poderá indicar qual o melhor tratamento para aquele animal.

Além disso, é importante ter um veterinário de confiança para avaliar a saúde (é sempre bom poder fazer um ?check-up? anual para garantir a saúde não é?).

Higiene

Um cuidado básico importante é a escovação dos dentes. Assim como nós, os animais precisam de cuidados com os dentes para evitar doenças periodontais, perda dos dentes, mau hálito. Existem escovas e pastas próprias para animais e quanto mais cedo começar a escovação, mais fácil o animal irá acostumar com esse hábito.

Os banhos não devem ser muito frequentes (a não ser se for uma indicação do veterinário, por alguma patologia envolvida), deve ser feito com produtos específicos para o animal e sempre com cuidado para não deixar cair água nos olhos e ouvidos. Cães devem tomar banhos semanais ou quinzenais. Os gatos tem o hábito de se higienizar, então para estes o período de banho indicado é uma vez por mês (no máximo).

Alimentação

O uso de ração é a forma mais fácil de fornecer uma alimentação equilibrada. Hoje existem vários tipos de ração no mercado, ração por idade, peso, raça e rações terapêuticas (que servem para auxiliar o tratamento de determinadas doenças). Somente o médico veterinário poderá indicar a melhor ração para o seu animal.

É extremamente importante que cada animal tenha a ração adequada para a sua espécie, gatos não podem comer a ração de cães e vice-versa.

Cães precisam de horários para comer, o ideal é que seja oferecido a quantidade ideal de ração (de acordo com peso e idade do animal), no minimo duas vezes ao dia. Os gatos já são bem diferentes nesse quesito: comem de pouquinho em pouquinho e toda hora, por isso precisam de comida a vontade.

Os petiscos (biscoitos, ?bifinhos? e guloseimas para cães ou gatos) devem ser oferecidos como recompensa ou um agrado, eles não substituem uma alimentação equilibrada.

3Existem alguns alimentos que são extremamente proibidos para cães e gatos, por causar problemas á saúde do animal (seja por intoxicações ou problemas gástricos).Desta forma, é importante se certificar que o alimento seja seguro para o animal.

?Meu cachorro come mato?. É comum ver animais comendo um matinho, até hoje existem várias especulações: que o animal come mato porque é uma fonte de fibra ou porque está com algum pelo incomodando na garganta ou por vários outros motivos. A verdade é que talvez eles só gostem de comer o matinho e isso é bom para a saúde deles.

Hoje em dia, existe no mercado pet, algumas plantinhas próprias para os animais. Se você mora em apartamento ou o animal não tem acesso, é importante ter esse ?matinho? em casa.

Qual animal adotar?

Os cães são super companheiros, adoram brincar e estão sempre querendo atenção. Precisam se manter ativos para serem felizes, fazer execícios, receber carinho. O cão quer sempre agradar o dono.

Gatos são um caso a parte. É um bichinho todo especial, por mais que seja mais independente que o cão, também precisa de atenção. Podemos dizer que gatos possuem uma ?personalidade forte? : são muito carinhosos e dengosos, mas só quando eles querem ser assim.

Não existe um melhor animal para adotar, cães e gatos tem hábitos diferentes. Se você é como eu, que não resiste a um animal de estimação, tenha os dois!

animais