Cinco Dicas para gerar Novas Ideias de Negócios

Cinco Dicas para gerar Novas Ideias de NegóciosSempre fui um admirador e incentivador da criatividade. Já publiquei alguns artigos sobre o tema e sempre procuro direcioná-los no sentido de incentivar o uso da criatividade para busca de soluções inovadoras de problemas profissionais e no empreendedorismo.

Algum tempo atrás me deparei com o artigo “Top 5 tips for generating new business ideas”, o qual, apesar de básico, nos dá dicas úteis de como buscar ideias e provocar o processo criativo para a criação de novos negócios.

Baseado neste artigo farei um breve comentário sobre cada uma das cinco dicas nele citadas.

1 Faça uma lista de problemas, necessidades ou frustrações que você encontra e converse com os envolvidos sobre as soluções.

Apesar de haver coisas que não há como mudar, existem forma de melhorar praticamente tudo. Ao se deparar com um comentário, reclamação, etc. tome nota, e anote também sempre que lhe ocorrer alguma ideia (importante fazer isto no momento em que acontecer para não esquecer). Sua lista deve incluir ideias com base em suas experiências atuais. A observação atenta do que ocorre ao nosso redor pode nos dar valiosas ideias e aguçar a nossa curiosidade e criatividade. Quem não se lembra da descoberta da lei da gravidade e o famoso grito de “Eureca” de Isaac Newton ao refletir sobre o porquê uma maçã caia na terra perpendicularmente?

  1. Falar e ouvir o público certo.

Existem muitos eventos para networking empresarial. Associações Comerciais, Associações de Micro e Pequenas Empresas, Universidades, etc. são ótimos locais para se frequentar e trocar ideias com as pessoas. Siga organizações empresariais no Twitter e no Facebook para descobrir o que está acontecendo em sua área de interesse para saber dos desafios e dificuldades que a área oferece. E isto inclui ouvir e prestar atenção em todos os agentes envolvidos na área, desde colaboradores em todos os níveis, fornecedores, consumidores, etc. Sempre haverão problemas á serem solucionados ou situações que podem ser melhoradas.

3 Conheça o que os outros estão fazendo.

Faça isto não para roubar ideias, mas para buscar inspiração. Há um espaço surpreendente de inovações e às vezes é difícil ver além do óbvio. Entre vários sites que se destacam pelo bom material está o Endeavor Brasil, onde se encontra um vasto e diversificado material, porém, existem outras opções mais focadas em áreas específicas. Uma pequena busca na internet e você facilmente encontrará sites especializados com material de qualidade sobre sua área.

4 Detecte Tendências

Pense sobre as mudanças na tecnologia, estilo de vida, demografia e poder de compra. O que eles podem significar para os produtos ou serviços particulares e empresas gastam seu dinheiro no futuro? Revistas e Blogs (tanto de negócios e economia em geral, como setoriais) são um bom lugar para se ter uma noção do que está acontecendo. Mantenha-se atualizado com diferentes setores, especialmente aqueles que lhe interessam e saber o que está nas agendas governamentais nacionais e internacionais.

5 Saia de férias

Olhe para as ideias que estão decolando em outros países e mesmo em outros centros. Imagine quantos novos modelos de negócios ou mesmo inovações estão acontecendo em grandes centros brasileiros como Rio e São Paulo que podem ser adaptados à sua região ou cidade.

Faça o que fizer, esteja aberto e pensar grande. Use sua imaginação, juntamente com as pessoas e recursos em torno de você. Nesta fase de criação, acredito que tudo é possível e tudo é válido – é na fase de refinamento (ou como dizem os americanos, de “fine tuning”) onde se começa a podar as ideias impraticáveis??, e ajustá-las à sua realidade.

Embora a criatividade seja importante na percepção de uma necessidade e na busca e idealização das suas possíveis soluções isto não garante o sucesso. Para ilustrar isto uso uma das inúmeras frases de uma das mentes mais criativas de nossos tempos, Steve Jobs: “Estou convencido de aproximadamente metade do que separa os empreendedores bem sucedidos dos mal sucedidos é a pura perseverança.”

Portanto: Crie, refine e aprimore a ideia quando necessário e principalmente persevere.

Veja também o seguinte artigo sobre o tema:

Empreendedorismo e Inovação: Como Começar?