Como decidir a compra de uma Câmera?

Minhas saudações a todos os interessados em Fotografia. Hoje estamos iniciando uma série de artigos sobre fotografia e nada melhor que descobrirmos como podemos escolher nossa câmera ou até saber qual é o tipo de câmera que temos e como tirar dela o melhor proveito, não é?

Principais Tipos de Câmera

Basicamente podemos dividir as câmeras fotográficas em quatro (04) grandes grupos: Compactas Amadoras, Compactas Amadoras Avançadas, Reflex Semi-profissionais e as Reflex Profissionais.

Câmeras Amadoras

Estes modelos normalmente são de bolso ou pouco maiores mas, todas elas funcionam no modo Automático, permitindo ao usuário fazer poucos ajustes. Em sua maioria podemos mudar o modo de cena (Esportes, Fogos de artifício, Noturnas, Contraluz, Retrato, etc..- Mas a câmera fará os ajustes necessários para que a foto não saia muito clara ou muito escura sem a intervenção do fotógrafo. Devido a que o usuário na maioria das vezes não conhece como é que a câmera processa a imagem, as fotos tiradas na contraluz deixam a pessoa fotografada bastante escura, muitas fotos ficam tremidas ou partes importantes da foto fora de foco. Nestas câmeras apenas podemos ver o assunto a ser fotografado através de seu painel de LCD e isto muitas vezes é um grande inconveniente já que a luz do sol não nos permite ver de forma clara o que estamos a fotografar.

Nikon3

Câmeras Amadoras Avançadas

Estes modelos se diferenciam das anteriores pelo fato de que além de possuir o modo Automático, Programa e Filme possuem o modo ?M? para ajustes manuais. Possuem um tamanho mais avantajado, formato mais anatômico e normalmente um zoom ótico é de maior potência, além de trazer a novidade do Visor interno, que nos permite ver o que vamos fotografar por dentro da câmera e com isto evitar o inconveniente de a luz nos atrapalhar. Alguns vendedores as oferecem como Câmeras Semi-profissionais, o que é uma Inverdade. Nenhum profissional vai utilizar uma câmera que não seja Reflex para fazer seus trabalhos e é por este motivo que estamos alertando ao fotógrafo principiante que deseja tornar-se profissional. O fato de poder fazer ajustes manuais não a torna semi-profissional pois não são Câmeras Reflex. A maioria delas não permite o uso de um Flash de Sapata além de não permitir a troca de lentes e são bastante limitadas para trabalhos profissionais por causa de não terem muita variedade de aberturas de diafragma e velocidades de obturação.

Imagem2

Na imagem acima podemos apreciar no lado traseiro da câmera o Visor ou viewfinder, janelinha para colocar nosso olho e ver o que queremos fotografar.

Câmeras Reflex ? 35mm ? Semi-profissionais.

Este tipo de câmera é a mais usada pelos fotógrafos profissionais e também são chamadas de câmeras semi-profissionais, com as mesmas características que as antigas analógicas que usavam filme de 35mm hoje possuem um CCD ou CMOS que capta as imagens digitalmente. O que diferencia uma câmera Profissional de uma semi-profissional é o tamanho do CCD ou CMOS. No tempo das câmeras analógicas, as semi-profissionas usavam filme nas dimensões de 3,5 x 2,6 cm (35mm) e as profissionais 6×4,5 cm, 7×5 cm ou maior. As principais características da câmera Reflex é que podemos ver o que vamos fotografar através de um visor que capta por Reflexão de espelhos a imagem a ser capturada, trocar as lentes, usar Flash Eletrônico fora da câmera e permite todos os ajustes manualmente. Pelo fato de podermos colocar lentes de melhor qualidade, estas câmeras nos permitem obter melhores resultados, imagens mais aproximadas da realidade e definição insuperável. Vale a pena ressaltar que não é a câmera em si que faz uma bela imagem e sim a qualidade da lente. Podemos obter uma imagem insuperável com uma câmera mais simples e uma lente de muita qualidade e não consegui-la com uma câmera Top e uma lente comum. Isto está provado quando vemos as imagens que se obtinham antes da era Digital, com câmeras Analógicas, estas eram muito simples porém usavam-se lentes de muita qualidade.

Imagem3

Câmeras Profissionais

São poucos os modelos de câmeras profissionais e são assim chamadas porque usam lentes especiais e captam as imagens em CCD ou CMOS de tamanhos maiores do que 35mm (3,5×2,6cm) o que se traduz em imagens com mais detalhes e que permitem ampliações de maior tamanho. Devido ao preço muito elevado de este equipamento é restrito a poucos *fotógrafos *que trabalham com grandes empresas de publicidade ou revistas especializadas.

Imagem4

Acima temos a imagem da Pentax 645d que possui um filme digital de 6 x 4,5cm.

Após tudo isto, como faremos para decidir a compra de nossa câmera? Antes de nada devemos analisar o que é que gostamos de fotografar e comprar um equipamento que faça o que gostamos com uma certa qualidade. Não adianta comprar uma Top de linha para fazer imagens simples nem buscar pela quantidade de MB ou MP, qualquer imagem com até 5 MB pode ser impressa com muita qualidade e em tamanhos interessantes. A melhor câmera é aquela que faz o que você necessita e que pode pagar sem muito esforço, não adianta gastar muito num equipamento que vai passar a maior parte do tempo dentro de um armário por não estar sendo usado, seja porque não temos o que fotografar ou porque compramos um equipamento grande e caro e temos medo de sair as ruas. Procure um profissional, converse com ele e peça umas dicas antes de comprar seu equipamento e se cuide com as conversas dos vendedores, que na grande maioria tenta empurrar o mais caro ou aquele que está encalhado na loja. Fotografe muito, somente a prática é que nos leva a conseguir belas imagens.