22 atrações que só quem mora em Perdizes vai entender

Se você mora em Perdizes, se prepare para conhecer algumas curiosidades sobre o bairro.

1. Na igreja de São Geraldo, em Perdizes, está o sino que anunciou a proclamação da Independência do Brasil, em 7 de setembro de 1822. Além disso, o padre que dá nome a igreja, o Padre Péricles Gomes Barbosa, foi o primeiro vigário da igreja em 1914. Ideal para conhecer, para quem gosta de curiosidades históricas.

2. Perdizes já foi um local cheio de aves barulhentas. Por causa delas e do dono da chácara onde eram criadas, o vendedor Joaquim Alves Fidelis fez a fama do local. Os paulistas dá época, ainda província, diziam: vou lá no quintal das Perdizes, e assim ficou!

3. Quem mora em Perdizes, mora bem. O local tem o terceiro índice de desenvolvimento humano da cidade.

4 O TUCA, com suas peças sempre bem conceituadas, faz parte da história cultural brasileira. Durante a ditadura, um estranho incêndio tomou conta do prédio.

5 Ir tomar um café ou almoçar e encontrar um jogador pelo caminho. Com dois centros de treinamento, São Paulo e Palmeiras, muitos deles vieram morar na região.

6 Subir a ladeira da Bartira ou qualquer outra a pé é um desafio interessante.

7 Abriga o estádio do Palmeiras e está acostumado com o tumulto em dias de shows e jogos.

8 Pode passear no Parque da Água Branca,uma área de 137 mil metros quadrados, com diversos animais soltos. Há ainda outras atrações como os passeios a cavalo, o Museu Geológico e a Casa do Caboclo.

9 Curtir as festas realizadas pelo Centro Cultural Pompéia.

10 Passar pelo prédio da extinta TV Tupi.

11 Ficar confuso com os nomes das ruas: afinal, Turiaçu ou Turiassú. E descobrir que agora uma parte da rua será chamada Palestra Itália, em homenagem ao Palmeiras.

12 Passear e observar a arquitetura das casas tombadas, ao lado de grandes quantidades de árvores.

13 Descobrir que a rua Cotoxó não termina onde achamos: na escadaria, após cruzar a Cajaíba. Desça a escadaria e encontre o final da rua, onde em sua lateral, há duas casas pequenas. Você descobriu o final da rua!

13 Pisar no tradicional piso paulistano de caquinhos vermelhos, muitas casas ainda mantém o piso dos anos 40 e 50.

14 Ir ao Shopping Bourbon no Teatro Bradesco ou curtir um cinema na primeira sala IMAX do Brasil.

15 Deliciar-se percorrendo os mais de 1,3 km da Avenida Professor Alfonso Bovero e ter todos os bancos na mesma avenida, além de lojas, restaurantes, pet shop, mercado, salões de beleza e bares, como o famoso Bebo Sim.

16 Curtir um bloco de Carnaval da Avenida Professor Alfonso Bovero.

17Descobrir que a Liverpool brasileira é a Pompeia - o berço do rock nacional.

18 Entre as Ruas Cotoxó e Caraíbas aproveitar para tomar uma cerveja. No local se encontra diversos bares, inclusive aqueles que oferecem cerveja artesanal como o: Cervejaria Ideal, Capitão Barley, Cerveja Maestria.

19 Ir a um restaurante e templo, tudo ao mesmo tempo. O restaurante Ebissu em Perdizes tem o templo da Luz do Oriente em anexo.

20 Pedalar nas ciclovias que ligam Barra Funda e Higienópolis a Perdizes, a recém inaugurada na Rua Coriolano que liga a Lapa a Perdizes ou se irritar com o vazio que a falta de ciclistas faz as faixas.

21 Quem mora em Perdizes mora "NAS Perdizes"

22 Quem mora em Perdizes sabe que começa na Rua Atibaia, limite com o Pacaembu e acaba na Av. Sumaré, limite com a Pompéia. No eixo transversal, começa na Av Matarazzo, limite com a Barra Funda, terminando na Av. Dr. Arnaldo, limite com Pinheiros. Já a especulação mobiliária...