De Boca no Peru

O Natal chegou e junto com ele você ganhou um vale para sair da dieta. E é justamente sobre esse vale que eu vou tratar aqui.

Muita calma nessa hora. Eu sei que é a data mais esperada do ano e que você vai se reunir com sua família e isso inclui aquelas tias que cozinham para os deuses com todos os tipos de doces e salgados.

Chester, tender, peru, pernil, lombo, farofa, salpicão, saladas de batata, de lentilha e grão de bico, daí vem o bacalhau com todas as suas tentações ? ele por si só, com salada e como bolinho -, fora as castanhas, nozes, frutas cristalizadas, e as sementes de todos os tipos e das mais gordurosas possíveis apesar da aparência inofensiva? E os doces? Manjar de coco, pudim de leite, a tradicional rabanada, brigadeirão, surpresa de abacaxi, pavê de banana e de chocolate e o mais gostoso de todos: panetone com sorvete. É muita tentação para nós mulheres em apenas uma só noite, não é?! E o enterro dos ossos no dia seguinte com todo esse repeteco de comida?! E tudo isso fermentado num bom Vinho do Porto ou na caipirinha brasileira com muito gelo e açúcar? Coisinha nada calórica se esse texto não fosse uma piada.

E você aí, que se matou o ano inteiro na academia e está linda e bela esperando o verão, vai mesmo colocar tudo a perder? E não me venha com o argumento da velha piada de que ?o problema não é o que você come entre o natal e o ano novo, e sim o que come entre o ano novo e o natal?*, pois você não vai me convencer. Risos. E eu passei mais de meio ano escrevendo diversos textos para levantar sua autoestima, mas contra o Natal eu não tenho como ir contra. Posso apenas pedir que você vá com calma ao cair de boca no peru!

Tenham todas um Feliz Natal!!!

*Autor desconhecido.