Desfralde! Será que é um bicho de sete cabeças?

Tem alguns momentos na vida de nossos pequenos que muitas vezes nos parecem assustadores, e o desfralde é um deles, não é mesmo? Pensando nisso e também por estar tendo o privilégio de vivenciar essa faze com o JP, tive a ideia de fazer essa postagem.

Vamos começar do início de como surgiu esse momento. O JP começou a demonstrar interesse em usar seu piniquinho, que já estava montado dentro do banheiro há alguns meses antes. Comecei a observar que cada vez mais a fraldinha estava ficando seca, mas preferir esperar mais uns dias antes de começar a tirar a fralda, pois é recomendado que uma vez sem as fraldas, não devemos voltar a colocá-las, pois esse tira e põe acaba confundindo a cabecinha deles, pois não vão entender se já são capazes de ir ao banheiro ou se ainda necessitam usar fraldas. Logo que começou a fazer xixi, mostrou interesse em fazer cocô no piniquinho também, senti que realmente estava na hora de tirar as fraldas. E é justamente nesse momento que geralmente vem o pavor das mamães, pois nós ficamos muito ansiosas em pensar que eles irão fazer xixi na roupa, seja em casa ou na rua. E tenho que confirmar esse pensamento de vocês rsrsrsrsr eles irão mesmo! Porém é normal e dentro do esperado também. Imaginem, eles até essa nova fase faziam xixi e cocô a hora que tinham vontade, pois foi assim que estavam acostumados desde o início de suas vidas, e agora se veem tendo que controlar a vontade até chegar ao banheiro, e isso realmente não é muito fácil no início do desfralde. Por isso que algumas vezes eles não vão controlar, ou vão se distrair por algum motivo e assim acabarem fazendo as necessidades na roupinha mesmo.

Quando ocorrer o fato deles não conseguirem segurar a vontade por qualquer motivo que seja, sejam pacientes mamães e conversem dizendo que eles precisam avisar e/ou pedir para irem no banheiro e que ali não é o lugar para fazer as necessidades. Isso sem brigar e sem se alterar, pois temos que entendê-los, para eles tudo isso é muito novo. E se brigarmos, isso vai ficar na cabecinha deles como algo negativo o que pode prejudicar todo o processo do desfralde. Temos que encorajá-los e dizer como é legal eles usarem o pinico ou vaso sanitário e dar parabéns cada vez que consegue ir ao banheiro sem sujar as roupas!

Uma ideia bem legal que peguei com algumas mamães queridas foi, que cada vez que o JP vai ao banheiro ele ganha um adesivo, esse adesivo ele cola na parede, que no meu caso é revestida com azulejos, porém se não for assim no banheiro de vocês, uma opção é por um quadro e assim ele terá também um lugar para colocar seus adesivos. Essa é uma ideia que funcionou muito bem com ele, porem vocês podem adaptar com algo que eles gostem e que seja vista por eles como uma espécie de premiação. Uma coisa que uso e que também tem um resultado bem legal é, de vez em quando pergunto a ele se não está com vontade de usar o banheiro, principalmente se vamos sair de casa e antes dele dormir. Muitas mamães também continuam usando as fraldas durante a noite, pois normalmente esse processo é mais complicado e demorado do que durante o dia. Uma ideia que tive com a psicóloga da creche do JP foi colocar a fralda depois que ele dormisse e retirar antes dele acordar, pois isso facilita o futuro desfralde da noite. E foi o que comecei a fazer com ele, porém, quando ia tirar a fralda de manhã ele sempre pedia para pôr novamente. E foi assim que decidi tirar a fralda noturna também, pois tive receio de prejudicar o desfralde diurno. O método que utilizo é colocar um protetor descartável para colchão e assim diminui o desconforto em caso de fazer xixi durante a noite e também evita sujar tantas roupas de cama.

 
ev260520143
 

Temos que pensar que essa fase é passageira como todas as outras, e que precisamos ser corajosas e não termos medo dela, o desfralde pode dar um pouco de trabalho sim, mas temos que pensar que esse é um passo muito lindo e importante na vida de nossos pequenos e que devemos estar lá ao lado deles para incentivar, dar força e mostrar que acima de tudo são capazes! Quanto ao momento certo de desfraldar seus pequenos, sugiro que esperem esses sinais por mais sutis que pareçam, eles sempre irão demonstrar de alguma forma que estão prontos para começar. Sei que às vezes é difícil, mas sejam calmos e pacientes que no final tudo dá certo! Espero que tenham ficado mais tranquilas e que esta postagem ajude um pouco neste processo tão especial na vida de vocês mamães!

ev260520142