ELA CRESCEU!

Quando me vi com três filhos aos 25 anos, imediatamente comecei a projetar o futuro, querendo que o tempo passasse mais rápido ainda, para saber se eu daria conta de criar três filhos, ser repórter e ainda por cima manter um relacionamento com alguém!

Pensava assim: Meu Deus quero logo fazer 40 anos! Afinal pelas minhas contas teria um filho de 20, uma filha de 16 e outro de 15 e claro, voltaria a viver em paz!

Estou muito perto dos 40. Já tenho um homem de quase 19, outro que faz catorze em breve e tenho a Júlia que completou 15 anos a três dias.

Olhei para ela e pensei: 15 já? Sim? Na verdade, ela está no auge dos 15. Linda, amável, esperta, preguiçosa, desobediente e todos os outros requintes de crueldade que os adolescentes carregam. Isso mesmo, os defeitos, eu também já captei e tento ajudá-la na medida do possível.

Educar é sem dúvida nenhuma o maior desafio que um ser humano pode aceitar na vida! Ver que a Júlia cresceu aumenta a minha preocupação, porém lança pra mim novas expectativas e sonhos. É difícil ser mãe, mas é nobre demais. Só para um filho se deseja mais sucesso que para si próprio, mais beleza, mais amor, mais conhecimento, mais felicidade? Não tenho dúvidas? Quero para Júlia o que a vida tem de melhor, porque se ela estiver feliz eu estarei duas vezes mais feliz. E isso vale para o Guilherme e para o Gabriel, olha só quantas chances eu tenho de ser uma mulher realizada e feliz! Tudo no tempo certo, sem pressa!