Em cena, você!

shock1

Uma coisa que vejo acontecer bastante é a facilidade com que as pessoas criticam e culpam tudo. Tudo mesmo. A culpa é de tudo e qualquer coisa. Menos sua. E isso é errado!

Nós somos os maiores responsáveis pelo que acontece, para o bem ou para o mal. Eu tinha a sensação que pessoas negativas nos seguravam em nossas ações. Funcionando como um freio de mão. Sabe aquelas pessoas pessimistas, que sugam a energia, tenta desanimar em tudo? Elas existem sim, mas não obrigatoriamente te afetam. Você escolhe isso!

Se você perceber a presença dessas pessoas, se afaste! Mude o rumo!

Guimarães Rosa dizia: ?É junto dos bão, que se aprende o mió?. Então, cuide do seu caminho e da sua convivência. Se junte às pessoas que realmente te acrescentam algo e te fazem desenvolver. Pessoas que tragam paz e alegria. Pare de arrumar desculpas. A responsabilidade é toda sua. Não coloque culpa na sua avó, mãe, tia, pais, irmão, amigos, chefe, professora, sistema? Que sistema?

Existe um sistema na sociedade. Verdade! É a forma que ela se organiza. Como as coisas se interagem. O que é serviço, o que é público, particular, onde tem leis, posições, etc.. Ao contrário do que muita gente acredita o sistema não pune. Não mesmo. Ele dá possibilidades todos os dias. Abra os olhos! Aja! Faça por você mesmo. Dê oportunidades e aproveite a suas também.

Condições, todos têm! Saia dos obstáculos. Procure as saídas, as soluções, ao invés de culpar qualquer coisa pela sua falta de desenvolvimento. Sempre tem alguém pior, ou melhor, que você. Mas se compare com você mesmo. Com o que você já tem e pode melhorar.  Bom jogador conhece o jogo pela regra. Avalie suas condições. Suas dificuldades e facilidades. Escolha suas armas. Seja habilidoso e honesto.  E siga em frente?

Você não tem nada a perder a partir daí!

por bem pensado!