Esgrima: força, estratégia e desenvolvimento.

esgrima

Muita gente se interessa por esportes de combate, onde o objetivo principal é vencer o oponente, por nocaute ou imobilização, como acontece em diversas modalidades como Boxe, MMA, Karatê e entre outras.

No entanto, muitas vezes, as pessoas deixam de praticar esse tipo de esporte por achá-los violentos e/ou por ter a visão que um golpe do adversário mal intencionado, pode ocasionar uma lesão grave e, consequentemente, uma mudança na rotina diária.

No poste de hoje, quero abordar um esporte pouco falado, porém não menos emocionante, onde o foco também é vencer o rival no sistema de combate, a Esgrima. A Esgrima é considerada o esporte mais antigo do Ocidente, além de ser Olímpico, estando presente em todas as edições dos jogos desde 1896.

Os esgrimistas usam roupas especiais para o combate, com o propósito de evitar ferimentos. Máscara metálica, luvas e colete protetor são equipamentos obrigatórios para os homens. Além destes equipamentos, as mulheres usam também protetores para os seios.

Uma luta tem a duração de três assaltos, sendo que cada um leva três minutos. Na Esgrima são utilizadas três armas brancas: Florete (pode-se tocar apenas o tronco), Espada (pode-se tocar qualquer parte do corpo, em caso de toques simultâneos os dois atletas ganham ponto) e Sabre (pode-se tocar a região da cintura para cima).

Cada* esgrimista* tem um fio ligado a ele, conectado em sua arma numa extremidade e no aparelho marcador de pontos na outra extremidade. Assim, os pontos são marcados eletronicamente, através de sensores; ganha o combate o esgrimista que acertar o oponente mais vezes de acordo com as regras de cada arma.

Bom, agora que já deu para ter uma noção de como se pratica, falarei de alguns benefícios para os praticantes desta modalidade: aumento de força, equilíbrio e habilidades corporais, melhora resistência muscular e ainda auxilia na queima de calorias, já que o corpo está em constante movimento.

E, para quem pensa que para por aí os benefícios deste esporte, a Esgrima também é um exercício para a mente, proporciona o aumento da autoconfiança, desenvolve o raciocínio, além de aumentar a concentração e o equilíbrio.

No post anterior no qual abordei sobre os esportes para mente, a Esgrima acaba sendo comparada com o xadrez, exigindo disciplina mental extrema para executar corretamente os movimentos, no qual os competidores devem planejar várias jogadas com antecedência.

E para fechar, uma curiosidade! Em muitas escolas de Teatro Internacionais, o conhecimento em Esgrima é obrigatório, tornando as escolas mais completas para formar seus atores já que em cenas de ação, o ator consegue transmitir para o público um realismo acima da ficção na hora de um combate.

Espero que tenham gostado!

PARTIUESGRIMA.

Abraços.