Espetáculo Musical "Palavra de Mulher" em São Caetano do Sul

palavra de mulher 2

No dia 16 de Agosto( sábado) às 21hs, o Teatro Paulo Machado de Carvalho receberá o Espetáculo Musical “Palavra de Mulher” com Lucinha Lins, Tania Alves e* Virgínia Rosa*.

Não é um show, não é uma peça teatral, não é balé. É exatamente uma mistura de tudo isso embalado com as canções do mestre Chico Buarque, que como ninguém sabe traduzir a alma das mulheres em suas composições.

O Espetáculo acontece em um clima de cabaré, com mesas e cadeiras para os clientes, sofá em forma de divã, uma arara com figurino feminino presa ao teto, sapatos femininos dispostos em toda a extensão do palco e cortinas e muito tule, sendo que o tom predominante é o vermelho.

Os músicos tocam ao vivo e uma a uma as cantoras — vestidas a caráter (figurino provocante de cabaré)—, começam a viver as mulheres retratadas nas canções de Chico Buarque.

Palavra de Mulher, reúne Lucinha Lins, Tania Alves e Virgínia Rosa que interpretam 26 canções, acompanhadas por Ogair Junior (piano e acordeon), Marcos Paiva (contrabaixo) e Ramon Montagner (bateria e percussão).

Em alguns momentos doespetáculo, o clima é quebrado como quando Tania agradece e cumprimenta a plateia, dizendo que seu ingresso para o mundo fonográfico foi por intermédio de Chico (participou da peça de João Cabral, além de Calabar e Ópera do Malandro). Com total desenvoltura no palco, Tania canta várias canções, imprimindo desde sensualidade, alegria até a dor máxima com Pedaço de Mim.

Lucinha Lins também já viveu personagens da obra de Chico, como Vitória Régia de Ópera do Malandro e Nancy de O Corsário do Rei. No palco ela vem como madame, proprietária do cabaré: depois de interpretar algumas canções como Tango de Nancy e Tatuagem, ela ordena que as “meninas” trabalhem direito! Virgínia e Tania fazem uma deliciosa cena de platéia, em total descontração.

Com o público interagindo, as cantoras/atrizes continuam a desfilar clássicos do cancioneiro de Chico, como Bastidores, Olhos nos Olhos, Atrás da Porta, Folhetim e Sem Açúcar.

Segundo a Produtora Diversão e Arte, o espetáculo tem “interpretações tocantes, roteiro muito bem elaborado pelo diretor Fernando Cardoso (que também assina a cenografia e divide a produção com Roberto Monteiro) e uma iluminação sensível e precisa de Wagner Freire. O figurino (assinado pelas três cantoras e pelo diretor) é outro destaque, graças ao charme e graça dos inúmeros adereços que elas colocam ao interpretar cada canção.”

Não perca este Espetáculo Musical! Garanta já o seu ingresso AQUI!