EU, DINOSSAURA!

É impressionante como um dinossauro se movimenta devagar, digo isso porque nesse caso a jurássica sou eu! Sei que alguns da espécie eram até muito rápidos, tinham braços curtinhos e eram temidos por toda face da terra!

Não é o meu caso? Sou daquela espécie pescoçuda, com uma cauda enorme, quatro patas presas ao chão e que só levanta a cabeça para se alimentar das folhas que estão no alto das árvores. Tipo aquele Dinossauro de onde o Fred Flintstone salta quandoo trabalho termina, sabe?

A conclusão não é nenhuma surpresa pra mim. Já disse aqui no blog que sou analógica de nascimento e por convicçao, mas falei também que estava me apaixonando pelo mundo virtual. Como de fato estou. Decidi até me especializar e escolhi a e-commerce school, estou matriculada no curso de Gerente de Mídias Sociais! Bonito o nome, não?

O curso, em São Paulo, tem duração de duas semanas com aulas aos sábados. Pra estar lá precisei mudar a minha rotina toda.
Passei a trabalhar das 6:30 da manha até a uma e meia da tarde na reportagem, para poder estar em São Paulo a noite.
Minha vida ganhou status de reality show! Isso porque minhas horas de sono ficaram reduzida a 4 horas em média por noite.
Passei a pegar trem da CPTM com direito a baldiaçao em Guainases pra ir a Sampa e ônibus pra voltar, sem falar nas viagens de metrô! Imagine tudo isso pra uma Dinossaura de milhares de toneladas?

Isso foi fácil! Sério! Difícil foi assimilar o conteúdo da primeira aula do curso. Se parecesse grego seria mais fácil. O negócio parecia coisa de outro mundo, tipo contatos imeditos do terceiro grau? Quisera eu poder emitir algum som para interagir com
o professor, nenhum gemido saiu. Já os alienígenas, digo, os outros alunos, faziam até perguntas. Alias vinham também perguntas on-line, dos alunos que faziam o curso ?a distância? É ou não é coisa do capeta?

Ás vezes o professor dá uma dica e um colega ao meu lado diz assim, com a maior naturlidade: Professor, eu uso outra ferramenta (não é chave de fenda). E fala aquele nome que eu não poderia repetir nem com acompanhamento full time de uma fono. Imediatamente anoto algo parecido com o que ouvi e escrevo pesquisar no google!

Mas divertido mesmo é quando os alienigenas colocam sobre o apoio da cadeira, algo que eles dizem ser um celular? O que tem menos recurso estoura pipoca! É i-phone 3, 4, 15, sei lá? Só sei que quase morro de rir por dentro quando saco o meu aparelho, que sequer tem máquina fotográfica e deixo a mostra? Penso assim? Eles provavelmente nem sabem o que é isso, devem achar que se trata de alguma tecnologia que ainda não chegou ao Brasil! E quando quero deixar claro que sou da ponta esquerda da linha do tempo, abro a minha palavra cruzada! Aí, quase não restam dúvidas?

A verdade é que tudo isso me diverte, estou adorando o curso, meus colegas, apesar das minhas limitações? E do fundo do meu coraçao espero que quando as pessoas descobrirem que os DINOSSAUROS não foram extintos, não me tranquem numa jaula para exposição.

De volta ao blog e para ficar!
Bj
Mari