Artistas: O Expresso Panamá

Nesta semana nossa entrevista foi com uma banda bem conhecida em Nova Iguaçu, apesar de ser bem jovem tanto na experiência, quanto nos integrantes, mas que faz um grande sucesso por onde passa: O Expresso Panamá!

elefante-verde-16062014008

A entrevista foi feita com um dos integrantes, Rennan Azevedo, que nos contou um pouco sobre a história da banda enquanto ríamos ao lembrar fatos curiosos e engraçados da banda. O Elefante Verde tem um enorme prazer em publicar esta matéria abaixo e esperamos que todos gostem.

1- Composição e surgimento da banda
Integrantes:
Hector Túlio ? violão e voz;
Bernardo LeGrand ? teclado e voz;
Felipe Fernandes? guitarra e voz;
Rennan Azevedo ? bateria;
Marcelo Saboya ? baixo e voz.

elefante-verde-16062014004

A banda ainda tem sua composição inicial desde 2010 e a ideia surgiu em meio a um casamento de um familiar, onde pela primeira vez Hector, Bernardo, Rennan e Marcelo tocaram juntos. Pouco depois surgira um aniversário também da família de Hector, que desta vez teve Felipe convocado e mais uma vez foram aplaudidos com incentivos de tocarem mais e não pararem o trabalho. E antes que pudessem começar a pensar em banda propriamente dita, o quarteto conseguira um convite para tocar no bar Devoto.

Como Azevedo explica, o início da banda tinha tudo para dar errado, já que cada integrante tinha um estilo completamente diferente, mas tudo dera certo para a banda. Após risadas ao contar como foi o primeiro show da banda, Azevedo complementa que o repertório utilizado pela banda em apresentações foi na verdade uma mistura do estilo de cada integrante, que observavam reações do público e depois selecionavam quais músicas continuariam e quais trocariam.

2- Por que O Expresso Panamá e as roupas?
O nome da banda veio de duas ideias distintas. A primeira foi criar um estilo de música de um café, mais ambiente e agradável onde o público pudesse conversar. A segunda era aderir a um estilo condizente com o ambiente de café, com roupas sociais, suspensórios e um chapéu panamá. Como o próprio Azevedo disse ?Não sei porque, mas o chapéu panamá para nós tinha tudo relacionado?. E pra quem não sabe, apesar do chapéu, a banda deveria se chamar Expresso Lunar, porém já existia uma banda com este nome. Passaram então para outra ideia que envolvia o nome Suspensórios, mas que a pedido do baterista e do próprio Elefante Verdecensuramos para não envergonhá-los. Por fim, a ideia O Expresso Panamá, com a ideia do expresso por ser algo relacionado ao ambiente de café somada a ideia de rapidez e ascensão da banda, e panamá pelo estilo de roupa e principalmente o chapéu, que virou um ícone e referência para a banda. Azevedo completa ?para onde íamos, o chapéu ia?.

elefante-verde-16062014006

3- Desafios
Após seis meses com propostas de outros bares e ainda com uma apresentação fixa no bar Devoto, a banda recebe o convite para fazer um evento na maior casa de show: Riosampa. Um tempo depois a banda fez a abertura do show de Luan Santana, onde praticamente disseminaram o chapéu panamá, que fora comercializado na época, que fez com que tivessem ainda mais destaque no público.

Depois a banda teve sua ?sede? no Espeto Carioca e as propostas para eventos particulares começaram a surgir de forma mais constante para a banda, além de shows para outras cidades, como o Vassouras Eco Resort, Espeto Carioca Jacarepaguá, e apresentação no Gregos e Troianos.

elefante-verde-16062014011

4- Banda e carreira solo
Com a banda em plena ascensão, cada integrante iniciou a sua carreira solo em paralelo com a ajuda que o nome O Expresso Panamá havia dado e a dimensão da fama dos jovens músicos. Neste momento perguntamos se houve o desânimo em seguir com a banda e Azevedo responde com toda a animação ?que nada, pelo contrário, só fez com que estivéssemos mais preparados para O Expresso Panamá?.

elefante-verde-16062014005

5- O estilo da banda e dos vocais
Após explicação, fica claro que a banda tem seu estilo no pop, conforme o próprio Azevedo menciona ?é pop pop, aquele pop mesmo?, indo de Beatles e Roberto Carlos a Lady Gaga e Ana Carolina. E por terem quatro vocalistas, perguntamos qual o estilo individual de cada um. Marcelo segue a linha do Paralamas do Sucesso e Legião Urbana, enquanto Hector está voltado para Ana Carolina e Tim Maia. Felipe com um timbre mais? ?sensual?, como o Azevedo faz questão de brincar e apelidar como o ?guitarrista caliente?, segue a linha de Santana e Bernardo segue a onda de Lady Gaga e Katy Perry. Para Rennan Azevedo sobrou apenas segui-los numa mistura que acabou dando certo e formando uma das bandas mais conhecidas da noite iguaçuana.

elefante-verde-16062014013

6- Expectativas
Quando feita essa pergunta, ficou bem claro a linha de raciocínio da banda em seu momento atual, pois Azevedo explica que o objetivo da banda é de ser reconhecida e o nome O Expresso Panamá de fato virar uma marca. Com relação a shows e eventos o foco da banda está voltado a festas particulares, motivo pelo qual alguns sempre perguntam se O Expresso Panamá sumiu ou não, mas quando observado os detalhes percebe-se que pelo contrário eles estão disseminando mais ainda o nome e a fama da banda, já que cada integrante tem seu trabalho solo, querendo ou não, seus nomes estão ligados a banda O Expresso Panamá e com isso o marketing se multiplica por cinco e em lugares diferentes. Apesar do foco em eventos particulares, Azevedo alerta que estão em negociação para tocar num dos grandes bares de Nova Iguaçu em dia fixo e promete atração que vai lotar a casa.

elefante-verde-16062014012

7- Curiosidades
Em diversos momentos durante o bate-papo, Azevedo relembrava momentos cômicos e curiosidades, por fim acabamos pedindo para que nos contasse aquelas que mais chamaram a atenção. Na primeira situação ele ri ao contar o quão difícil foi encontrar uma quantidade tão grande do chapéu panamá para que pudesse vender, quando fizeram a abertura do show de Luan Santana e o quanto chorou para um chinês dar um desconto. Já em apresentações, Azevedo morre de rir e fala ?as situações mais cômicas acontecem com o Hector?. Na mais engraçada, Hector começara a dançar e sem perceber arrancou o fio da guitarra do Marcelo. Até ai apenas um erro?! Seria se não fosse Marcelo abaixar para pegar o fio e Hector aproveitar uma oportunidade (criada por ele mesmo) e sarrar em seu ?guitarrista caliente? em cima do palco com todo o público assistindo e escutando o som. Após muitas risadas Azevedo completa ?fico imaginando o que o público pensa quando nos vê com essas loucuras?.

elefante-verde-16062014001

Para conhecer um pouco mais da banda O Expresso Panamá, curtir e até contratar deixaremos o Facebook da banda e do baterista Rennan Azevedo, responsável por organizar os shows e eventos:

Facebook O Expresso Panamá
Facebook Rennan Azevedo (Baterista)

O Elefante Verde teve um enorme prazer em fazer esta entrevista e desejamos um sucesso enorme para a jovem banda O Expresso Panamá! Parabéns!!