Franquia online? Franquia virtual?

Com quase 80 milhões de pessoas com acesso na internet, o brasileiro gasta em média 65h por mês na internet perdendo apenas para a TV que tem média de 85 horas, segundo dados do IBOPE Nielsen. Com isso surgem muitos negócios na internet, as famosas startups, e as franquias online surgem como uma ótima opção. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), ainda existem poucas marcas voltadas para esta modalidade. ?No Brasil, elas começaram a surgir há cerca de dois anos. Em outros países, existem há seis ou sete anos, mas são mais fortes nos Estados Unidos?, comenta o diretor executivo da entidade, Ricardo Camargo.

Além do baixo investimento, o custo fixo é bem menor pois o franqueado não tem os custos de desenvolvimento e tecnologia que são responsabilidades da franqueadora. Com isso o retorno do investimento é muito mais rápido do que os outros setores. Porém é preciso analisar bem a franquia antes de fechar um contrato, checar qual será o suporte do franqueado, quais treinamentos serão dados e analisar o mercado em que atuará.

Mas como elas funcionam? A maioria das franquias virtuais tem um foco regional, independente do serviço, no qual o franqueado fica responsável por desenvolver uma determinada cidade ou região. Dessa maneira a franquia consegue atingir um público que não conseguiria atingir tão rápido.

Acredito que o mercado de franquias online, assim como outros negócios de internet  tem muito a crescer no Brasil. Diferente da bolha de 99/00 no qual muitas empresas de internet quebraram, hoje os custos de tecnologia são infinitamente menores, muitas pessoas tem acesso à internet de banda larga e as empresas estão ganhando dinheiro. Portanto analise bem o modelo de negócio da franquia, pois este é o grande diferencial já  que ainda não existem marcas consolidadas neste mercado.