Mercado Pet e animais de estimação.

O Brasil possui o segundo maior mercado Pet do mundo. Donos do afeto de milhares de brasileiros, os animais de estimação representam um valioso mercado. Há 50 milhões de pets no país, um a cada quatro brasileiros.

O setor cresce consistentemente, ano a ano. Ainda os cães estão em maior número, representando 70% destes animais, que hoje são criados como “pessoas da família”: frequentam os Pet Shops com banho, tosa, alisamento, tintura, utilizando produtos de alto nível e tendo até serviços de busca e entrega. Além disso, os proprietários gastam com atendimento veterinário, rações superpremium, itens de conforto e luxo como camas, cobertores, roupas além de brinquedos e guloseimas.

Sabe-se hoje através de pesquisas e estudos em todo o mundo que a convivência com os animais traz tranquilidade e bem-estar às pessoas. Quem tem um cão ou gato já sabe o bem que eles trazem, pra quem ainda não tem veja os benefícios que o convívio com um animal de estimação oferece:

1–Diminuição do risco cardíaco

Segundo uma pesquisa feita pela Associação Americana do Coração, uma pessoa que sai para passear com seu cachorro cumpre 54% dos níveis recomendados de exercícios diários, favorecendo o funcionamento do sistema cardiovascular.

2 – Redução do estresse

Acariciar um animal reduz os níveis de estresse. Ao passar a mão pelo corpo do animal, nosso organismo libera oxitocina, um hormônio relacionado ao vínculo emocional. Esse processo gera uma sensação de calma e bem-estar em ambos.

3 – Fortalecimento do sistema imunológico

Foi feito um teste na Finlândia que comprovou que crianças que mantinham mais contato com animais, gozavam de um sistema imunológico mais forte e corriam menos riscos de sofrer de uma doença respiratória infecciosa.

4 – Mais disposição

Segundo um estudo publicado no British Medical Journal, quando brincamos com os animais, os níveis de serotonina e dopamina aumentam, enquanto os de cortisol diminuem nos dando mais vitalidade e bem-estar.

5 – Apoio a diabéticos

Cães treinados podem detectar uma queda no nível de glicose e alertar pacientes diabéticos. Existem até organizações de treinamento de cães para essa finalidade, como a Dogs for Diabetics, nos EUA.

6 – Aumento da expectativa de vida

Em geral, a ciência comprova que as pessoas que têm animais de estimação vivem uma vida mais saudável, longa e feliz, o que prolonga a expectativa de vida.

7 – Aumento da interação social e concentração

Animais podem ensinar e orientar as crianças que sofrem de transtorno do déficit de atenção com hiperatividade, ao criar uma rotina de atividades diárias.
Os donos precisam alimentar os animais, banhá-los e levá-los para passear. Ocupar-se dessas tarefas pode ajudar crianças com essa doença a relaxar e a incrementar a interação social.

Este aumento no número de pessoas convivendo com pets hoje em dia, talvez seja a busca por algo que se perdeu nesta corrida e estressante vida que levamos. Muitos elegem os animais para interagir por esta ser uma relação mais estável e prazerosa, ser recebido em casa pelo seu cão com pulos e lambidas depois de um dia intenso de trabalho, ou pelo seu gato com ronronadas e aquele entrelace dançante entre as pernas é confortante e carinhoso. Quem tem um animal de estimação nunca se sente sozinho.

No próximo texto descubra qual é o animal certo para você!