Música ? uma das mais belas demonstrações de cultura

jcmartins

Mogi das Cruzes, através da Secretaria da Cultura promoveu o primeiro Festival de Verão da cidade, proporcionando à população diversas atrações culturais totalmente gratuitos.

Estive presente a apresentações dos pianistas da cidade no terminal central e ao grande concerto da Orquestra Bachiana Filarmônica do SESI-SP, sob a regência do maestro João Carlos Martins no auditório do Cemforpe.

O espetáculo foi belíssimo, exaltando as apresentações dos renomados autores clássicos como, Chopin, Mozart, Bethoven, Bach, etc. Grande destaque da apresentação, o pianista e maestro João Carlos Martins, mostrou todo seu talento, e nos emocionou com sua brilhante apresentação.

Acompanho a carreira do maestro desde a minha adolescência, através da sua participação no extinto programa de televisão ?Concertos para a Juventude?, onde seu talento ao piano me emocionava. A partir daí comecei a acompanhar todas as suas participações em programas e suas entrevistas, onde demonstrava todo seu conhecimento musical.

Fiquei muito triste ao saber que uma doença degenerativa o tinha afetado e estava diminuindo o movimento dos dedos da mão, chegando a tocar piano apenas com dois dedos, tamanha a manifestação da doença que o possibilitava apenas movimentar o dedo indicador. Apesar de tamanha restrição, nunca demonstrava tristeza ou desânimo, mesmo depois de perder totalmente o movimento dos dedos, sua paixão pela música era maior que suas restrições físicas, e começou a desenvolver seus estudos na regência com uma técnica única, pois a doença o impedia de segurar a batuta e de virar as páginas das partituras, começou um trabalho minucioso de memorizar nota por nota, demonstrando todo seu talento também na regência, sendo reconhecido como uns dos grandes regentes da atualidade.

Em 2006, o maestro João Carlos Martins fundou a orquestra Bachiana Jovem, que tinha por objetivo trabalhar na evolução musical de jovens musicistas e ao mesmo tempo democratizar a música clássica apresentando-se para pessoas que jamais tiveram acesso às salas de concerto. As apresentações estenderam-se desde pequenas cidades, até comunidades mais carentes, através da série de concertos em todos os CEUS da Capital Paulista e diversas escolas públicas e praças pelo Brasil afora.

Após 11 anos sem tocar piano e passar por 19 cirurgias, o maestro finalmente consegue recuperar parcialmente os movimentos dos dedos e em junho de 2013, volta a tocar.

A música é uma das mais belas demonstrações de cultura de um povo. Eu particularmente sou um admirador da música clássica, onde toda sensibilidade e talento os músicos e do regente são totalmente explorador para sensibilizar o expectador, pois diferente de outros gêneros musicais, na música clássica não há o papel do vocalista, não há uma narrativa que cative o ouvinte, é aí que entra a sensibilidade, a emoção dos músicos em transmitir sua mensagem.

Parabenizamos a Secretaria da Cultura, pela realização do Festival de Verão, trazer cultura de graça para a população é uma grande sacada, pois ainda somos muito carentes de atrações culturais de qualidade.