No próximo ano, planeje, inove e realize!

xadrez

Enfim, dezembro chegou!

Nesta época do ano é comum a gente dar uma parada para refletir no que fizemos no decorrer do ano, no que deu certo e no que não deu até aqui e também para planejar as ações para o ano que se aproxima.

Começar uma dieta, fazer uma viagem, aprender um novo idioma?Creio que a maioria das pessoas já tem na ponta da língua, o planejamento pessoal.

Mas e você empresário, já planejou os caminhos que sua empresa irá trilhar em 2015?

O que você espera para o próximo ano?

O que você pretende fazer para conquistar mais clientes?

Quanto você pretende vender?

Como você pretende ser encontrado?

Quanto pretende investir em marketing?

O que falta de novo na sua empresa que o seu concorrente já fez?

Se ainda não planejou, a hora é essa, pois o que foi feito em 2014, ainda está fresco em sua mente, aquelas ações que não deram certo, talvez poderiam  ter sido melhores se você tivesse dedicado mais tempo para planejá-las melhor. Começando com antecedência, você terá tempo de ter suas próprias ideias criativas e não vai ser mais um trabalhando e seguindo estratégias de calendário promocional, copiando ações que outros fizeram.

Então mãos à obra!

O primeiro passo é definir os novos objetivos. Comece colocando no papel suas ideias  e sonhos. Compartilhe com outras pessoas e peça a opinião delas, afinal duas cabeças sempre pensam melhor do que uma.

imagesPR4FWZHR

O segundo passo é detalhar suas ideias e transformá-las em projetos ou etapas para facilitar a conquista do objetivo maior, traçando um plano de ação completo do que precisa ser feito, com os valores necessários, data de início e fim. Quanto mais detalhado melhor.

Saia da mesmice! Você não precisa fazer sempre tudo igual! Se sua empresa vai bem, ótimo, time que está ganhando se mexe sim, sempre é possível melhorar alguma coisa. Se vai mal, a hora é agora de iniciar o ano com o pé direito, planeje, inove, faça diferente! Infelizmente, a maioria dos empresários, passam o ano inteiro reclamando do mercado atual, da crise e tantas outras coisas, vivem ?apagando incêndios? e não conseguem colocar em prática nada diferente que atraia novos clientes e fidelize os atuais.
As pessoas gostam do novo, do diferente, experimente surpreender e encantar o seu cliente.

Se sua empresa é do ramo de gastronomia, por exemplo, você pode mudar o cardápio, colocando pratos diferentes e atrativos ao invés do ?arroz com feijão? de sempre, investir em música ao vivo, fazer noites temáticas e várias outras coisas. O importante é planejar e colocar em prática as nova ações.

images3AKCTYA9

Fazendo um planejamento bem feito você já está no caminho certo, mas de nada adiantará se você não escolher uma forma adequada de divulgação, é preciso antes de tudo que você seja encontrado com facilidade e que tenha visibilidade. Analise as mídias disponíveis na cidade e pese, valor, alcance e efetividade! Tenha em mente, que na era da internet em que existem 110 milhões de internautas, Segundo o IBOPE MEDIA, cerca de 53% da população, que acessam a internet diariamente ou pelo menos uma vez na semana, não adianta mais investir em mídias que já estão ultrapassadas. Cada vez mais pessoas, utilizam a internet, para procurar produtos e serviços ou mesmo para fazer suas compras na comodidade de seus lares. Não adianta nada você mudar os rumos do seu negócio, implantar coisas inovadoras e anunciar no lugar errado.

10647246<em>705298459552396</em>2654167132841237343_nEm Paracatu, não deixe de conhecer o Elefante Verde, guia empresarial online, com o intuito de conectar  as empresas e profissionais autônomos à internet e aos usuários do guia, gerando assim mais negócios e visibilidade para sua empresa. Antes de definir a forma de divulgação, acesse www.elefanteverde.com.br e saiba mais. Sua empresa ganha o site, visibilidade no google, é divulgada em email marketing para a base de usuários do guia, pode colocar cupons de desconto gratuitos e você fica sabendo a opinião das pessoas a respeito de sua empresa.

A escolha certa,  faz toda a diferença. Seu sucesso depende disso.