Objetos e Sua História - Embalagem de Comida Chinesa

Como isto foi criado? Para que? Como evoluiu?  Vários objetos em nosso dia a dia que, apesar de simples e uso comum possuem uma história bastante interessante. Alguns foram inventados de forma acidental, outros para usos bastante diferentes dos atuais, etc. A história do design de alguns destes objetos foram o assunto do artigo “19 Iconic Everyday  Objects and their Amazing Design Stories“ no site Learnist, o qual inspirou esta pequena série com os fatos curiosos do objetos mais conhecidos. Você sabe como surgiu e evoluiu a embalagem de comida chinesa?

Caixa de Comida Chinesa - GeralCaixa de Comida Chinesa – Geral

A embalagem de comida chinesa (Um pequeno balde de papelão montado sem cola) tem uma origem bastante antiga e curiosa, pois foi inventada nos EUA por volta de 1894 sendo originalmente concebida para acondicionamento de ostras frescas, que nesta época eram de consumo mais popular. e mais abundantes, e menos caras do que são no presente. A embalagem era usada para acondicionar as ostras já retiradas das suas conchas pelos próprios vendedores, pois, retirá-las das conchas exigia certa habilidade para evitar cortes acidentais.

No início do século 20 o mesmo conceito de embalagem foi usado para acondicionar mel. Em meados do século 20, a pesca excessiva de ostras, as tornaram mais escassas, e com o subseqüente aumento no preço, o consumo caiu, e com ele o uso da embalagem.

Caixa comida chinesaCaixa comida chinesa

No entanto, após a Segunda Guerra Mundial, houve nos Estados Unidos um enorme aumento nas vendas de alimentos preparados que poderiam ser comprados em restaurantes, e aquecidos ou acabados em casa. A Comida chinesa se tornou uma escolha popular, uma vez que era saborosa, incomum e barata. O “balde das ostras” foi então rapidamente adotado para o transporte “comida chinesa”. Os baldes de papelão eram, até certo ponto, auto-isolantes, e poderiam ser utilizados para uma grande variedade de alimentos, incluindo o arroz cozido, pratos ligeiramente úmidos, só não sendo adequados para pratos altamente líquidos quentes tais como sopas.