Os fantásticos benefícios do Hipismo!

1355233101Fala galera, tudo bem com vocês? Hoje vamos dar uma trégua nos assuntos mais comentados do momento, e vamos falar de um esporte, não menos importante, que faz com que exercitemos não só o corpo, mas a mente também.

Hoje, vamos montar no cavalo e vamos fazer aquela “aula” de Hipismo, esporte olímpico que, no Brasil, possui grandes atletas, ganhadores de medalhas, como Doda Miranda e Rodrigo Pessoa.

hipismoRodrigo Pessoa

 

Doda MirandaDoda Miranda

Quero focar neste post, os benefícios do esporte em forma de lazer, bem estar, e não em caráter de provas e competições, fechado?! Afinal, como foi dito ainda nos primórdios, por Hipócrates, o chamado Pai da Medicina, (377 A.C), a equitação serve também como um meio de regeneração de saúde.

O Hipismo exige domínio, sensibilidade e um pouco de paciência, pois é preciso cuidar do bem estar do animal, alcançando esses “controles” o ser humano se sente mais preparado a enfrentar os desafios do dia a dia. Sendo notório, com a prática, o aumento do poder de concentração, o desenvolvimento da coordenação psicomotora, e o resgate da autoconfiança.

A pessoa que adere a este esporte desenvolve uma boa postura, estimula o funcionamento do aparelho digestivo, melhora o tônus muscular, estimula todo o sistema neurológico, equilibra o ritmo dos batimentos cardíacos, ajuda na reabilitação do sistema respiratório, sendo importante também em tratamentos de alergia e asma.

Distúrbios comportamentais como autismo, distúrbios visuais e auditivos, sequelas de patologias ortopédicas, psicoses infantis e até síndromes genéticas como a Síndrome de Down, também fazem parte deste pacotão de benefícios da prática do Hipismo.

Além de ser muito legal, andar a cavalo, é uma ótima opção de lazer, diversão e

passatempo, um programa ideal para fazer com toda família, eu recomendo!

Agora galera, vamos com calma e nada de sair por aí subindo em cima do primeiro pangaré que encontrarmos kkkkk. É de suma importância que se conheça a patologia em causa, o cavalo, as técnicas específicas a serem adotadas, e a necessidade de cada praticante.

Então, sempre procure uma orientação de um profissional capacitado, tanto na área esportiva quanto na saúde, para ninguém “cair do cavalo” ok?!

Espero que tenham gostado. Abraços, tchau!