Pagar anúncios ao Facebook é bom para a minha empresa?

Está equivocado quem pensa que para obter resultados concretos da rede social mais usada no mundo não é necessário investir dinheiro. A cada dia que passa a tecnologia do facebook se aprimora para elevar o número de anunciantes, diminuindo o alcance das publicações orgânicas.

“Fazer negócio sem propaganda e como piscar para uma garota no escuro. Você sabe o que está fazendo, mas ninguém mais sabe”. (Stuwart Hendrison Britt)

Atualmente o alcance das publicação não pagantes é de 1% a 3% dos “amigos”, no máximo. A internet possibilita encontrar a informação desejada, mas para espalhar, o caminho é bem mais complexo.

Mesmo quem opta por ter um perfil para sua empresa ao invés de uma Fanpage, o que não é recomendado, é identificado facilmente pelas suas postagens que se trata de anúncios.

Por quê isso acontece? Por que o Facebook é uma rede de relacionamento entre pessoas conhecidas e, paralelo a isso, usa ferramentas específicas para as empresas anunciarem, que é sua principal fonte de recursos financeiros.

Não é exagero dizer que o Facebook sabe tudo da nossa vida, essa plataforma armazena com exatidão todo o seu histórico, seus relacionamentos, seu local de trabalho, seu cargo, seus parentes, seus interesses pessoais, seus bens... Então, se você fizer um churrasco no próximo domingo e publicar no Face, ou for marcado por alguém, isso ficará registrado no seu histórico na rede.

Essas informações retidas são necessárias para que o Facebook direcione os anúncios das empresas para as pessoas que, de fato, são potenciais clientes. Daí vêm toda a eficiência dessa ferramenta. Por exemplo, se você é um vendedor de carro, pode direcionar seus anúncios para as pessoas que estiverem procurando por veículos nos últimos sessenta dias. Se você fornece produtos e serviços para empresas (B2B), pode direcionar seus anúncios para empresários, proprietários, etc.

E como faço para anunciar no Facebook? A primeira recomendação é ter uma Fanpage, que é a ferramenta disponibilizada pelo Facebook para empresas. É muito simples criar uma, ela já vêm anexada a sua conta e você ainda pode colocar outras pessoas para te ajudar no gerenciamento.

As vantagens de ter uma Fanpage são muitas, não tem limite de seguidores como os perfis. É possível inserir dados da empresa como site, telefone, mapa, mensagem e muito mais. Isso ajuda a loja física a ser encontrada com facilidade. Então, se sua empresa ainda não tem, clica lá no canto superior direito, na faixa azul, na seta ao lado do ponto de interrogação que a primeira opção será “criar uma página”. Siga o passo a passo e pronto.

Depois de criar a Fanpage, você terá que criar uma conta de anúncios. Para isso você terá que ter um cartão de crédito internacional, das bandeiras Visa ou Mastercard.
No Brasil, o Facebook não aceita boletos bancários como forma de pagamento.

Outra forma seria a ferramenta PayPal, mas não recomendo para iniciantes. Clique em criar anúncio e pode inserir os dados do seu cartão de crédito sem medo, a menos que seu computador esteja infectado com algum vírus, xeque antes.

Vamos anunciar?

Se você não tem uma boa câmera fotográfica ou Smartphone, não se arrisque a fotografar seus produtos de qualquer maneira e publicá-los, pois isso certamente fará mais mal do que bem à sua marca. Se preciso, recorra à internet para buscar uma imagem que faz referência ao seu produto. Há também bancos de imagens riquíssimos como o Pixabay.

Caso queira inserir sua logo e fazer alterações como inserir textos, você pode usar o Canva, é gratuito se você mesmo fizer upload das imagens para dentro do programa. Eu particularmente uso bastante.

Seja criativo na hora de criar o seu texto, os internautas não suportam as auto propagandas. Não use frases apelativas tipo “venha comprar de mim por que eu sou bom” senão nem a vovozinha vai curtir seu anúncio. Pelo contrário, mostre algum serviço que você fez e conte como foi o processo. Não fique apreciando a sua empresa, inverta os pólos e de valor ao internauta, ao que ele gosta de ver.

Os anúncios patrocinados no Facebook oferecem vantagens fantásticas e aqui vou listar uma, a segmentação:

1 – Geografia: Você pode escolher os locais e o raio em que seu anúncio será mostrado, então se você tem uma Oficina de moto no segundo distrito, pode criar anúncios para o raio de 10 milhas (mínimo) no entorno.

2 – Sexo e idade: você poderá escolher qual o sexo do seu público, por exemplo, se você tem uma barbearia, pode escolher mostrar seu anúncio apenas para homens. Já se tiver uma loja de roupas femininas, poderá optar em mostrar apenas para mulheres. Sobre a idade, por exemplo, para a barbearia pode colocar acima de 18 anos, pois é mais raro barba nas idades abaixo.

A segmentação é importante pelo fato de os anúncios serem pagos por cliques, daí a necessidade de otimizar para trazer o melhor custo benefício.

3 – Interesses: essa é a segmentação mais poderosa de todas, aqui você escolherá com base nos interesses do seu público, o que ele vem procurando na internet. Exemplo, nossa empresa trabalha com serviços digitais para outras empresas (B2B) por isso impulsionamos anúncios para empresários, proprietários, gerenciadores de Fanpages, interesses pelo Sebrae, etc. Há uma infinidade de possibilidades, por isso antes de anunciar, estude bem o seu público.

Outra grande vantagem do Facebook Ads é que agora você pode vincular sua Fanpage com a conta do Instagram, e quando anunciar pelo Facebook, automaticamente aparecerá também para um público selecionado no Instagram.

A partir do momento em que impulsionar seu anúncio, o Facebook cria uma lista de pessoas com base na segmentação que você selecionou, ou seja, é você quem vai determinar os seus potenciais clientes junto ao Facebook. Não importando se essas pessoas têm ou não algum envolvimento com sua marca.

Dependendo da segmentação, com 50,00 investidos junto ao Facebook, sua mensagem pode chegar até a 10.000 pessoas que você segmentou. É importante ressaltar que, por ser pago em dólares, sofre acréscimo de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e também fica condicionada a variação cambial, ou seja, não se assuste caso sua fatura venha um pouco acima, pois o Facebook anuncia e cobra posteriormente.

Antes de começar a investir no Facebook, defina um orçamento mensal e faça um planejamento de marketing, só anúncios não farão as pessoas interagirem com sua Fanpage. Por isso, publique e ou compartilhe conteúdos que seu público quer ver, sem fugir do seu seguimento.
Para muitos profissionais de marketing digital, curtidas não são métricas de sucesso, são métricas de vaidade, por isso, para ser mais eficiente e estruturante, sua empresa precisa também estar posicionada no Google e nos guias.

As empresas que decidem por migrar seu marketing para o ambiente virtual precisam pensar em gerar vendas a partir dos investimentos, pois “o que não é medido não pode ser gerenciado”.

Observe que as publicações das grandes empresas no facebook têm o principal objetivo de levar os internautas para os seus sites, envolver, pegar os contatos para iniciar uma nutrição e assim os fazer compradores. Posteriormente trabalhar a fidelização através de e-mail marketing e outras estratégias. Todo esse processo digital de atração, venda e pós-venda, chamamos de Funil de Vendas.

CLIQUE AQUI e conheça mais sobre os produtos e serviços de Marketing Digital oferecidos pela Hubify by Elefante Verde.