Para uma Copa do Mundo sustentável, um eco estádio brasileiro!

copa-do-mundo-brasil-2014

Com a proximidade da Copa do Mundo de 2014, uma grande preocupação toma conta dos organizadores. O Brasil como sede, se comprometeu com a FIFA, em organizar o evento da forma mais sustentável possível, com construção de estádios inteligentes, modernização e ampliação de aeroportos e das vias de acesso aos estádios. Mas segundo estudos, o impacto ambiental somente durante as obras de preparação serão enormes. Aproximadamente 11,1 milhões de toneladas de gás carbônico serão emitidos e o consumo de energia elétrica se aproximará ao de uma cidade de 180 mil habitantes, ao longo de um ano, aumentando muito a pegada de carbono, que é a medida do impacto das atividades humanas sobre as emissões de gases do efeito estufa.

O Grupo paranaense JMalucelli, proprietário do JMalucelli Futebol S/A,  preocupado com todos esses problemas ambientais, inovou ao construir seu novo estádio na cidade de Curitiba.

Tornou-se famoso por ser o primeiro ?estádio ecológico? do Brasil, pois sua arquibancada foi construída com cadeiras colocada em cima de um morro, sem a utilização de concreto. Por isso, o estádio também é denominado Eco-Estádio Janguito Malucelli.

corinthians07112011_77

Antigo CT do clube, o novo estádio situado em frente do Parque Barigüi foi totalmente remodelado, e uma das atrações do novo espaço ? a arquibancada, que foi aproveitada em cima do morro localizado no local. Além da grama plantada em todos os degraus, foram colocadas cadeiras/assentos em toda a extensão, fora o assento continua a grama. Vale lembrar que é um tipo de arquibancada inédita com a ideia da grama que segurou por algum tempo o molde dos degraus, agora arquibancada ecológica, assim como foi batizado o novo espaço, o Eco-Estádio Janguito Malucelli.

1º Eco estádio do Brasil

eco<em>est</em>dio

Futebol e ecologia nunca caminharam lado a lado. A construção de modernos estádios é uma das maiores provas disso: além de gastar milhões, os dirigentes não se preocupam com a agressão à natureza provocada pelas edificações.

JMalucelli Futebol resolveu adequar simplicidade e consciência ecológica na construção do estádio Janguito Malucelli, chamado de Eco estádio, concebido para causar o menor impacto ambiental possível. Tudo é ecologicamente correto: a arquibancada é escavada na terra, a madeira veio de área de reflorestamento e o ferro, de dormentes de ferrovia desativada.

Apesar de ambientalmente correto, o eco estádio sofre com a falta de segurança da região. No começo de 2012 um torcedor do clube Atlético Paranaense morreu atropelado justamente no jogo que marcou o recorde de público do estádio.

A casa do ?Jotinha?, como é conhecido fica ao lado de um dos principais cartões postais da cidade, o Parque Barigui. Mas as quase 50 mil pessoas que o visitam aos domingos praticamente não percebem que ali há um estádio de futebol, pois a idéia é manter a harmonia com os quase dois milhões de metros quadrados de área verde da região.

Fonte: JMalucelli Futebol S/A