Preparando um churrasco gourmet por Bruna Held

Nada mais descontraído e informal que um almoço em volta da piscina. Esse tipo de evento inspira um cardápio com pratos cujo preparo envolve técnicas culinárias simples, adequadas ao ar livre.

O churrasco é o tipo de serviço ideal, pois, além de exigir poucos utensílios e equipamentos de cozinha, propicia uma grande integração entre os convidados, que podem, cada um à sua maneira, ajudar no preparo da refeição.

Para atender essa proposta, o menu sugerido é todo composto de pratos assados sobre grelhas: espetinhos ou embrulhados. As porções são individuais e praticamente não exigem talheres, o que dá aos convidados a sensação de estar bem à vontade com o ambiente.

Os grelhados, conforme mencionado nas técnicas de preparo são mais facilmente harmonizados com vinhos leves e frutados. O clima quente, por sua vez, reforça esse equilíbrio  motivando o consumo de vinhos, cujos sabores ficam ainda mais agradáveis no momento em que a bebida é resfriada. Nesse caso, as opções são brancos ou rosés bem gelados ou ainda tintos refrescados.

Existem muitos vinhos para situações como essa, deve-se escolher no máximo dois tipos de vinhos inclusive para manter a ideia de liberdade que a apresentação do menu sugere.

Duas sugestões:

1. Espumante Salton Reserva Ouro Brut – Nacional

Serviço: 6° a 8°C

Espumante seco, leve e animado.

* 2. Barefoot – White Zinfandel California*

Serviço: 12° a 14°C

Versátil o bastante para harmonizar com os espetinhos salgados e com os doces

MENU

Espetinhos de batata provençal

Batatinhas miúdas cozidas al dente com casca, marinadas em azeite aromatizado com alho, alecrim e orégano. Depois de absorverem o gosto e aroma do tempero, são espetadas em ramos de alecrim e grelhadas até que a casca fique aquecida e o centro da batata fique macio. Pode ser a principal opção para os vegetarianos e, ao mesmo tempo, servir como guarnição para os espetinhos de carne ou frango.

Espetinhos de cogumelos

Champignons de Paris besuntados com azeite de tomilho e louro, temperados com sal e pimenta-do-reino, grelhados até ficarem macios mas ainda firmes e suculentos. Por ser nutritivo e com muito baixo teor calórico o champignon é uma excelente alternativa para aqueles convidados vegetarianos ou que estejam fazendo alguma dieta hipocalórica.

Espetinho de queijo coalho

O espetinho de queijo coalho é uma espécie de clássico para esse tipo de evento. Há poucos anos ele era conhecido em apenas algumas poucas praias do Nordeste e hoje já é exemplo de nacionalização dessa culinária regional.  Seu uso se encontra disseminado em todas as praias do litoral brasileiro. A consistência ao mesmo tempo firme e macia faz dele um ingrediente que se presta muito bem para ser espetado e grelhado. Por ser salgadinho, não precisa de outros temperos, mas pode ser aromatizado com ervas secas ou especiarias.

Espetinho de tamboril

O tamboril é um peixe excelente para ser grelhado em espetinhos. Nesse caso, deve ser cortado em pedaços. A carne de textura suave e de consistência firme se assemelha a medalhões de lagosta. Temperado com azeite, limão e páprica, fica delicioso e com uma aparência muito apetitosa

Espetinho de mexilhão com bacon

Mexilhões aferventados e grelhados envoltos por finas fatias de bacon ficam muito saborosos e com texturas contrastantes. O bacon fica crocante e os mexilhões macios e com sabores defumados.

Tulipinha de asinha de frango

Coxinha da asa de frango semidesossada e com a carne virada pelo avesso adquire o formato de uma pequena tulipa, com o ossinho formando o caule e a carne, a flor. Com um recheio (à base de uma mousseline de peito de frango e camarão aromatizado com um toque de coentro), preenchesse a cavidade de tulipa. Depois de serem aferventadas rapidamente apenas para firmar o recheio, as tulipinhas são temperadas com azeite, cebola moída e pimenta-do-reino. Em seguida passam pela grelha e podem ser servidas quentes ou frias.

Espetinho de filé de frango ao curry

Filé de frango cortado em cubos é marinado numa mistura de iogurte, alho e curry. A acidez do iogurte torna o frango ainda mais macio enquanto o alho e o curry, mesmo usados com parcimônia  são capazes de transmitir sabores e aromas vivos e pungentes. A cor do curry confere à carne um tom amarelo que fica mais sedutor e convidativo depois de grelhado.

Espetinho de coração despedaçado

Coração de frango aberto com uma faquinha afiada. A ideia é deixa-lo com um formato mais achatado para ter um cozimento rápido na grelha. Temperado com manteiga de escargot (manteiga, alho e salsinha – mistura que é tradicionalmente servida com escargot), fica macio e suculento quando grelhado corretamente. O sabor da manteiga temperada e a textura firme dos corações fazem desse espetinho uma iguaria de gosto misterioso que irá confundir muitos comensais

Espetinho de filé mignon de porco ao mel de alecrim

O filé mignon de porco, embora seja um corte de qualidade superior, quase nobre, em função da maciez, gosto leve e baixo teor de gordura, tem preço bastante favorável. Sua oferta no mercado habitualmente é muito maior que a demanda, o que gera vantagem ao consumidor em termos de custo. O mignon de porco é ótima pedida quando cortado em cubos, temperado com uma mistura de mel aromatizado com alecrim, vinagre de maça e raspas de laranja.

SOBREMESAS

  • Espetinho de manga e coco rolado
  • Espetinho de abacaxi ao limão
  • Espetinho de melancia com hortelã

Como sobremesa, espetinhos de frutas frescas. Podem ser servidas cruas ou grelhadas e quentes. Manga em cubos grandes, besuntada com uma calda de açúcar grossa e salpicada com coco ralado fresco: além de ser uma deliciosa combinação, fica com um visual muito atraente.

Cubos de abacaxi besuntados com mel e salpicados com raspas de limão também ficam muito saborosos tanto bem gelados quanto tostados na grelha. Ja os pedaços de melancia são untados com calda de canela e hortelã picadinho e ficam tao mais deliciosos quantos mais gelados estiverem.

Referência: Enogastronomia: a arte de harmonizar vinhos e cardápios.

Deise Novakoski e Renato Freire

* *