QUAL O PESO DE UM ANEL DE NOIVADO?

Pra mim o anel pesou mais de 20 quilos. Nas duas vezes em que fui pedida em casamento, parecia um ser com uma bomba na mão sem saber o que fazer! Não era falta de vontade de dizer sim, de me casar, sempre sonhei com isso. Era simplesmente medo!

Na primeira vez, era natural, eu tinha apenas 20 anos. Lembro-me como se fosse hoje. Era doze de junho de 1993, dia dos namorados, o casamento aconteceu em pouco mais de um mês. De uma data a outra, puxava o ar dos pulmões e não achava nada. Tentava incluir o sobrenome do marido e parecia que não combinava!

Nem as provas do vestido de noiva aliviavam aquele peso no anelar direito. Na verdade passei a viver em estado constante de pânico, por causa do bendito até que a morte os separe. Mas a própria vida de casado se encarregou de nos separar.

Livrei-me do anel por mais de 15 anos, até que veio o segundo pedido!

Um pedido mais maduro, para uma Marilucy mais experiente, mas infelizmente medrosa do mesmo jeito. Abri primeiro o cartão e ali minha alma já foi congelada. Abri a caixa, lá estava ela: a aliança! Faltou-me atitude de novo, não sabia o que fazer. A frustração ficou estampada no rosto de quem disse ter me escolhido para passar o resto dos dias da vida dele. Não suportei o peso do anel, de novo!

Penso que o meu problema seja o compromisso com a eternidade. Afinal ninguém pede alguém em casamento e escreve no cartão: ?Que seja eterno, enquanto dure!?

Uma amiga querida, apaixonada pelo namorado foi pedida em casamento há algumas semanas, quando me contou disse assim: ?Mari, não estou cabendo dentro de mim, de tanta felicidade?.

Dias depois o discurso mudou, a rotina tentava tirar o brilho do anel e lembrar como de fato as coisas são para um casal.

Olhei bem pra ela e disse: ?Calma, é o peso do anel, se você suportar essa fase, você vai ser muito feliz ao lado do seu amado!?

A boa notícia é que o peso do anel dela já diminui bastante e logo, logo eu vou comer de bolo de casamento.

Bj

Mari