QUER PAGAR QUANTO?

O aniversário da minha norinha está se aproximando, isso mesmo ela é taurina, mas ele é virginiano e sendo assim, a briga é boa e justa!

Mas vamos falar da parte que me toca. Há pelo menos um mês, o Guilherme já vem falando sobre o presente que ele quer dar para a Palloma. Aí, ontem veio mais uma conversa, sobre o mimo, que acabou me inspirando para o post de segunda!

Sem meias palavras ele disparou:

_Mãe? Tem que comprar o presente da Palloma!

Pra mostrar interesse, eu respondi de pronto:

_Tava pensando Gui, que tal um sapato?.

Aí veio a resposta:

_Isso não é um presente que eu compraria?

Já emendei:

_Filho não há uma mulher que não adore sapatos.

Ele mal respirou e mandou essa:

_ Mas ela sabe que esse não é o presente que EU compraria! Jamais entraria numa loja para comprar sapatos para a minha namorada. E ela sabe disso!

Pra não deixar o moleque no vácuo, disse um Ok, meio engasgado!

Ele não queria encerrar o assunto e concluiu:

Ela está querendo uma carteira!

Só tive forças pra um Haham! Logo em seguida perguntei pra ele, qual aquela rádio que fala de futebol mesmo? Graças  a Deus, locutor me salvou e me deu o tempo que eu precisava para pensar!

Como assim? Meu filho de 17 anos, ouve, percebe que a namorada dele está precisando, ou querendo? Não importa! Quer que ela ganhe um presente, que ele, poderia ter escolhido? Que homem é esse!

Pensei então, quando um homem se preocupou com o que eu preciso ou em ir comprar e escolher pessoalmente um presente pra mim!

Em 37 anos isso aconteceu poucas vezes.  Uma delas fiquei de boca aberta! Um homem que eu havia visto apenas duas vezes decidiu me presentear. Foram 6 presentes, uma camiseta polo e uma bolsa da Lacoste, uma carteira de couro da Natan, um livro com fotos do lugar onde a gente havia se visto pela primeira vez e uma camiseta que eu deveria usar nas noites em que ele não estivesse comigo! Tudo com um texto explicando o significado de cada um dos presentes. Na camiseta para dormir ele teve o cuidado de comprar uma caneta própria para tecidos e deixou uma linda mensagem! Inacreditável pra mim!

Mas foram poucas vezes? Sei que não sou a única que viveu a experiência terrível de namorar ou estar casada com alguém e ouvir aquela maldita frase: ?O que você quer ganhar no seu aniversário??

Algumas amigas já receberam dos maridos ou namorados, dinheiro pra que elas mesmas escolhessem o presente! UOH do Borogodó!!!!

Tem também aqueles que ligam para as nossas amigas pra saber o que estamo precisando! Meu Deus, alô!!! Durmimos com vocês, jantamos com vocêa, acordamos com vocês!!! Mas a maioria não se emenda? Alguns ficam amigos da nossa vendedora preferida e em datas especiais passam a mão no telefone e avisam: Se a minha mulher passar por aí? Fica de olho, pra saber do que ela gostou!!! Pai amado!

Meninos, somos faladeiras, pidonas, por favor,  nos surpreendam! Nós adoramos? E se vocês não acertarem, a volta na loja para trocar o presente é outra diversão na nossa vida! O que interessa é saber que vocês gastaram tempo e dinheiro com a gente! É uma espécie de carência misturada a uma enorme vontade de viver a expectativa de abrir um embrulho sem saber o que virá! Aprendam com o meu filho!

Bjs e ótima semana