4 Dicas para gastar menos no Supermercado

É com um grande prazer que estarei com vocês nesta coluna falando um pouco sobre educação financeira. Mas calma? não será um texto chato e repleto de termos técnicos e planilhas que ninguém utiliza ou tem paciência para inserir dados por mais de 2 meses. Quero utilizar um pouco da minha experiência em universidades, cursos, empregos, leituras e pesquisas para dar dicas e sugestões de como administrar melhor o tão suado dinheiro que ganhamos. Mas se mesmo assim, você leitor, quiser e desejar uma planilha, uma sugestão de livro, filme ou curso, estarei à disposição.

Todos estão cansados de saber que empresas de marketing, publicidade e propaganda são contratadas para causar e instigar o consumo da população. Já percebeu como é fácil a maioria cair na armadilha daquela vontade de comprar o produto ou serviço, sem saber se realmente precisava ou não? Portanto darei dicas para evitarmos algumas dessas armadilhas, para que possamos aproveitar mais de nosso dinheiro.

elefante-verde-230720140002

Para exemplificar e iniciarmos nossas dicas, citarei o Supermercado. Local onde erramos ao comprar tudo numa única vez, mas também erramos ao comprar aos poucos toda semana. Não existe técnica ou mágica para gastar menos do que deveria no supermercado, a não ser a sua vontade de economizar.

Podemos dizer que existem dois tipos de consumidores:

No consumidor I, a pessoa acorda no 5º dia útil do mês, sonhando nas últimas duas semanas na virada do mês receber seu salário. E no primeiro final de semana, com dinheiro no bolso, corre para o supermercado, pega uma cesta, percorre os corredores somente para comprar aquele biscoito recheado que custa o olho da cara. O mesmo biscoito que ele vai saborear pelos próximos 2min e 39seg e se arrepender pelas 580kcal ingeridas.

Já no consumidor II, a pessoa recebe no 5º dia útil seu salário e reserva a parte que quitará todas, ou boa parte, da conta de água, luz, telefone etc. Junta-se com a família e vai até o supermercado em pleno final de semana para fazer ?as compras do mês?. Ao chegar, você pega um carrinho e com sua lista em mãos (ou erroneamente na mente) começa a percorrer todos os corredores atrás dos itens. Ao colocar aquelas torradas e biscoitos preferidos no carrinho, você se depara na prateleira do meio com uma promoção daquele biscoito recheado, onde ?economizaria? R$ 2,00. Mas na verdade adicionou cerca de R$ 10,00 a sua compra.

E então, qual o seu perfil!? Ficou mais próximo do perfil I ou IIl?! Acredito que para você esteja no perfil II como a grande maioria assim como eu. Utilizei o biscoito como exemplo, mas a verdade é que paramos em quase todos os corredores quando há uma promoção, afinal de contas, todos os itens do supermercado foram colocados naquelas posições, após diversas pesquisas que determinam qual o perfil de consumo e onde é mais fácil que os consumidores peguem e coloquem no carrinho.

Um outro exemplo totalmente eficaz, é aquele pequeno local reservado para pilhas, guloseimas e revistas que ficam no guichê do caixa. Pois já foram feitas pesquisas que deixaram evidentes que nós não pensamos na pilha do controle remoto enquanto estamos percorrendo os corredores atrás do leite, do frango, do arroz e do feijão. Mas sim, enquanto esperamos a fila andar, lembramos que o controle precisa de uma vida nova, que aquela revista tem uma matéria ?interessante? e que um chiclete cai bem pra passar o tempo.

elefante-verde-230720140003

Ok, você também já sabia disso, porque saiu no jornal um dia desses, certo?! E a solução para evitar gastar mais do que necessita e precisa num supermercado?! Pode parecer ineficaz, por mais simples que seja, mas garanto a você que fará efeito se seguir estes 4 passos, independente se fará ?a compra do mês? ou apenas ?umas coisinhas que estão faltando?:

1- Faça uma lista;
2- Use a cesta;
3- Foco na lista;
4- Reflita.

Ok, que dicas são essas?

1- Faça uma lista: Ao fazer uma lista do que precisa, você automaticamente diminui as chances de vagar pelos corredores do supermercado ?tentando lembrar? o que precisa comprar e com isso pegar ao acaso itens desnecessários.
 

2- Use a cesta: Quando você opta por usar a cesta ou aquele carrinho menor, você cria uma mensagem no seu cérebro de que tem um espaço menor e deverá utilizar o espaço com itens necessários. Com certeza você não ficará feliz em ter de usar duas cestas ou carregá-la pesada porque decidiu colocar duas garrafas do refrigerante ali, certo?!
 

3- Foco na lista: Lembre-se de que todos os produtos têm embalagens que se destacam para que você compre. Lembre-se de que todos os produtos estão nas prateleiras para que você compre. Vá apenas nos corredores em que tenha um item de sua lista, senão nem entre.
 

4- Reflita: Ainda que você faça a lista e usa a cesta, pode ser que tenha pego algum item pequeno e bem leve, que não estava na lista. Então quando terminar de pegar tudo na lista, pare e veja o que você colocou na cesta. Separe todos os itens que não estavam na lista e se pergunte: ?Esta mercadoria é para saciar um desejo ou uma necessidade??. Se a resposta for a de saciar um desejo, você vai DEIXAR a mercadoria na primeira prateleira a sua frente.

 
Pode parecer ridículo, mas prometo que você conseguirá economizar em torno de 10% a 30% no supermercado, se seguir esses simples passos. Não custa nada tentar, afinal de contas? se melhorar melhora, certo?!

 
Dúvidas, sugestões e críticas pode deixar aqui nos comentários, que será um prazer responder.
 

Uma excelente semana e ótimas compras!