Uma análise da série The Big Bang Theory

Bem-vindo! Meu nome é* Vinícius Machado, tenho 28 anos e estarei aqui para falar sobre o universo NERD/GAMER! Sendo assim irei falar, primeiramente, de uma *série que intitula muito bem tal universo: The Big Bang Theory, dos criadores Chuck Lorre e Bill Prady.

 
A série se ambienta em um universo de amigos em que há um contraste entre os intitulados ?nerds? e as pessoas ?normais?. Assim sendo, temos embates em quase todas as cenas da série entre dois ?mundos? opostos que tentam se entender e coexistir de maneira quase sempre pacífica. Entre muitas gargalhadas, situações inusitadas ocorrem de um modo constrangedor para os ?nerds?.

 
Apesar de ser uma série de sucesso no mundo inteiro, não se pode deixar de observar o modo com que essas situações se mostram, muitas vezes com o intuito de diminuir e subjugar os costumes dos ?nerds?, como se eles fossem abominações. Por outro lado, com o passar das temporadas é possível observar uma ?evolução?; ou melhor, uma ?adaptação? dos seus costumes com a realidade das outras pessoas, envolvendo relacionamentos sérios, novas descobertas profissionais e melhor suporte movido pela amizade.

 
A produção da série proporciona essas reflexões para o público e, com uma dose razoável de sarcasmo e deboche por parte dos personagens, chama cada vez mais público, gerando uma popularização do ?nerd?, fazendo com que as pessoas se sensibilizem dos problemas vividos por ser ?diferente? da cultura popular, podendo até transformar o modo de vista e a resolução de seus problemas, como introspecção, timidez, autoestima e outros.

 
Bom, é isso! O que acharam deste post? Concordam com a observação? Não? Deixe sua opinião nos comentários e até o próximo post!