Tóquio, sede dos Jogos Olímpicos de 2020

toquio<em>comemoracao</em>get.jpg_95

Este final de semana foi especial para o povo japonês. Tóquio foi escolhida para sediar os jogos olímpicos de 2020.

Após passar por períodos de dificuldades e preocupações devido aos grandes desastres naturais que afetaram o país nos últimos anos, o Japão acordou feliz e muito entusiasmado por organizar a maior competição esportiva do mundo.

O povo japonês é mundialmente reconhecido pela superação, sempre se sobressaindo após grandes adversidades, seja pós-guerra ou grandes catástrofes.

E agora não vai ser diferente, após ser devastado por um terremoto seguido de tsunami que atingiu a região de Fukushima, distante cerca de 250 km de Tóquio, o Japão assume o compromisso de organizar a melhor olimpíada de todos os tempos.

Na apresentação para os membros do COI, Tóquio apostou nas instalações futuristas, na infraestrutura de qualidade e no sistema de transporte público completo, tudo numa área com raio de cerca de oito quilômetros, que abrange a baía de Tóquio, onde será realizada a maior parte das competições.

toquio olimpic

A proposta é ? Olimpíada para ir a pé. Nada de congestionamentos de automóveis, numa cidade onde o trem e o metrô são super eficientes, a ordem é esquecer o carro.

Toda a estrutura de aeroportos e rede hoteleira é muito eficiente, e as instalações para os jogos já estão praticamente prontas. Após a derrota sofrida na candidatura anterior, Tóquio tirou muitas lições e um meticuloso planejamento foi feito em várias atividades que envolvem os jogos com muito bom senso.

A Olimpíada será realizada daqui a sete anos, mas os preparativos já começaram. O mais urgente é solucionar o problema da água contaminada em Fukushima. A infraestrutura também deverá ser melhorada, acelerando as obras de reconstrução das áreas afetadas, modernizando as estradas e os aeroportos locais.

Quanto às instalações, nada de obras faraônicas. A ordem agora é sustentabilidade, apoio popular e economia. O projeto para as instalações visa modernidade aliado a um baixo custo. O orçamento de Tóquio é de 20 bilhões de dólares a menos que Istambul na Turquia, outra finalista.

A Olimpíada durará apenas duas semanas, mas surtirá efeitos econômicos positivos desde a oficialização da candidatura, até 2020. Esse período está sendo chamado pelos economistas de ?corredor de longa distância?, que são as demandas sobre o setor privado que serão incrementadas durante o período de sete anos.

Outro fator que pesou muito na decisão foi a segurança, Tóquio orgulha-se de ser um dos lugares mais seguros do mundo, com índice de criminalidade perto de zero, nada de manifestações políticas, onde os policiais andam desarmados, pois a maior parte das ocorrências são os acidentes de trânsito.

Uma pesquisa recente constatou que 92% dos japoneses são favoráveis à realização de grandes competições internacionais na capital japonesa. Pode-se ver que as pessoas têm grandes expectativas quanto ao senso de realização que obtêm como espectadoras de jogos internacionais ou ao participar dos jogos. Para não frustrar estas expectativas, convém que o governo japonês aproveite a oportunidade e realize grandes reformas para sair definitivamente do período de estagnação econômica que passou durante alguns anos.