Um Gol da Tecnologia

SOCCER-WORLD_M10-FRA-HON-GI81NAAMM.1

Demorou, mas finalmente foi implantado o recurso da tecnologia em um dos lances mais polêmicos do futebol.

É cruel com os árbitros, cobrar a decisão se uma bola entrou ou não, em uma questão de segundos a metros da jogada. O primeiro gol da história validado com o recurso da tecnologia veio do jeito que a maioria das pessoas queriam, por centímetros, em um lance com grau de dificuldade altíssimo e que provavelmente o árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci não validaria.

Ponto para a tecnologia e para a evolução do esporte. Lembro-me que em 2010 a Inglaterra teve um gol anulado contra a Alemanha em lance onde a bola entrou mais que 40 centímetros. A Goal Line Technology, foi insistentemente testada e parece a prova de erros, teve seu primeiro teste em um lance onde a bola ultrapassou 2 ou 3 centímetros e com isso ganha credibilidade para invadir os gramados das principais competições ao redor do mundo nos próximos anos.

Não consigo enxergar o futebol sem a figura e a incerteza dos árbitros, mas em lances como esse é muito mais justo e correto a implementação da tecnologia. O esporte ganha em justiça e não perde sua dinâmica, pelo resultado do lance vir em tempo real, o que dá credibilidade total a essa nova era.  Jogo e gol histórico em Porto Alegre, nos lembraremos disso daqui a 50 anos.

Não sei se é cedo para afirmar, mas até o momento, estamos sediando a melhor Copa do Mundo dentro de campo que já assisti. Todos, os jogos foram bons, apenas um dos jogos teve menos que 3 gols e em todos sobraram emoção e show na arquibancada. Tudo caminha para uma segunda rodada excepcional até agora.