Você é feliz profissionalmente?

Imagem Blog - Leonardo São João Del Rei

A busca pela felicidade profissional está além dos resultados. Todos nós somos capazes de atingir metas pré-estabelecidas mas, em alguns momentos precisamos de novos desafios. Eles funcionam como combustíveis em nosso plano de carreira.

A baixa produtividade e a falta de criatividade está associada a insatisfação de realizar uma atividade econômica em que não amamos. Em muitos casos, mesmo com o sucesso financeiro alcançado, muitos profissionais não se sentem realizados por completo.

Se você depende do despertador para acordar pela manhã, olha para o relógio e tenta se levantar mas tem uma sensação de que está colado na cama e que não tem a menor vontade de ir para o trabalho, essa é uma boa hora para se perguntar: Estou satisfeito profissionalmente ou exerço tudo isso meramente por dinheiro?

Aperfeiçoar e potencializar as habilidades para fazer o que te faz bem, podem ser as chaves de uma grande oportunidade de negócio. Avalie seu plano de carreira e desenvolva suas metas para atingir seus objetivos. Um bom começo está na busca da qualificação profissional da atividade que você exerce como hobby. Tenho como exemplo uma pessoa que adora tocar violão, seus amigos falam que ela toca muito bem, então, porque não buscar conhecimento, estudar sobre a área, tornar-se um profissional musical e quem sabe abrir uma escola de música? Muitas empresas foram fundadas em busca de uma gestão que conciliam prazer e lucros e atualmente fazem muito sucesso porque seus fundadores apostaram nas suas ideias, investiram na sua carreira sem esquecer da FELICIDADE!

Por isso sonhe sempre, busque no seu ideal algo que te faça sentir feliz e ao mesmo tempo se sinta valorizado. Posso ser muito feliz vendendo balões na praça da minha cidade do que ser o presidente de uma multinacional.

Sucesso, sempre!